Ederson em treino do Flamengo (Gilvan de Souza/Flamengo)

Ederson em treino do Flamengo (Gilvan de Souza/Flamengo)

João Matheus Ferreira
25/02/2016
17:33
Rio de Janeiro (RJ)

Tinha tudo para ser um treino normal e sem presença dos titulares na vitória do Flamengo sobre a Cabofriense, na noite de quarta-feira, em Macaé. Mas a presença do meia Ederson no coletivo realizado na tarde desta quinta, na Gávea, animou a atividade. Em franca evolução no trabalho específico que realiza desde o início da pré-temporada, o camisa 10 participou bem e deu todos os indícios de que está pronto para voltar a jogar após três meses.

No coletivo contra os juniores, Ederson jogou na posição que Mancuello tem atuado nas últimas partidas, mas ele também pode atuar pelas pontas do campo, onde atualmente jogam Emerson Sheik e Marcelo Cirino. O camisa 10 fez um trabalho específico para se recuperar de uma lesão na coxa esquerda e de um estiramento no ligamento colateral do joelho direito. Os profissionais jogaram com Alex Muralha; Rodinei, Léo Duarte, Wallace e Jorge; Cuéllar; Willian Arão, Ederson, Marcelo Cirino e Thiago Santos; Guerrero.

Os titulares em Macaé fizeram apenas um trabalho regenerativo, algo que é de costuma no dia seguinte aos jogos. Em campo, o atacante Emerson Sheik correu em volta do gramado conduzindo uma bola, um exercício já previsto pela comissão técnica. Nixon e Kayke seguem fazendo a transição para o trabalho no gramado, e Antonio Carlos, Rafael Dumas, Arthur Henrique, Ronaldo e Jajá entraram na parte final da partida contra os juniores.

O Flamengo volta a treinar na manhã desta sexta, já com a presença de todo o elenco. O Rubro-Negro terá mais dois dias para se preparar para a partida contra o Resende, neste domingo, no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.