RADAR/LANCE!
23/12/2016
11:06
Rio de Janeiro (RJ)

Na mira do Flamengo para 2017, Marinho tem visto os cariocas adotarem um discurso cauteloso quanto a uma possível negociação. Nesta sexta-feira, Rodrigo Caetano, diretor executivo de futebol rubro-negro, afirmou que o clube não entrará em leilão pelo atacante e destaque do Vitória.

- É um jogador que tem as características que a gente busca, mas se valorizou demais no Brasileiro. E, por conta justamente da escassez de jogador com essa característica, que acabam algumas vezes jogadores assim sendo disputados. O Flamengo não vai, vou usar o jargão, fazer leilão. Porque o Flamengo não tem dinheiro para fazer. Pode ter previsão de receita, mas hoje não tem dinheiro para contratar - disse Caetano ao site "Globoesporte.com".

O Santos, outra equipe interessada em Marinho, também chegou a adotar uma postura similar a do Flamengo, que, por sua vez, já disse que manterá a filosofia para o ano que vem, baseada em negociações sem custo.

Recentemente, Sinval Vieira, novo diretor de futebol do Vitória, declarou que o atleta só sai com o pagamento da multa rescisória, que é de cinco milhões de euros (aproximadamente R$ 17,5 milhões).