Guerrero passou em branco nos últimos jogos do Flamengo (Gilvan de Souza /Flamengo)

Guerrero passou em branco nos últimos jogos do Flamengo (Gilvan de Souza /Flamengo)

LANCE!
06/04/2016
07:00
Rio de Janeiro (RJ)

Maior artilheiro da história da seleção do Peru, Guerrero não vive bom momento no Flamengo. O camisa 9 passou em branco nos últimos cinco jogos com a camisa rubro-negra. A última vez que o goleador balançou a rede pelo time de Muricy Ramalho foi no empate de 1 a 1 com o Figueirense, no dia 9 de março, há quase um mês.

Por outro lado, o atacante segue como o principal goleador da equipe neste ano, com seis gols, o que ainda parece insuficiente, tendo em vista as críticas que o time vem recebendo nestes seis jogos sem vitórias.

Mesmo neste jejum, Guerrero segue com muita moral no clube. O jogador vem sendo elogiado pelo técnico Muricy Ramalho e também pelos companheiros, principalmente pelo esforço nos últimos jogos. Ele chamou atenção ao aceitar jogar três partidas em apenas cinco dias, na semana passada. Duas delas foram os clássicos contra Vasco e Botafogo, pelo Campeonato Carioca. Cerca de 24 horas antes de enfrentar o Cruz-Maltino, o atacante atuou 90 minutos pelo Peru, contra o Uruguai, nas Eliminatórias da Copa do Mundo.

– O Guerrero é um grande jogador, experiente, de seleção. Não chega atrasado aos treinos, é extremamente compromissado com o clube. Depois de jogar nas Eliminatórias, viajou direto para Brasília e atuou 90 minutos contra o Vasco. Não é para qualquer um. É um atleta consagrado, que tem que ser respeitado por tudo o que já fez no futebol. Um artilheiro reconhecido mundialmente e muito importante – disse o técnico Muricy Ramalho.

Depois do esforço do atleta, o Flamengo divulgou em seu site oficial uma matéria exaltando a postura do atacante. O conteúdo destaca o número de jogos disputado pelo centroavante neste ano. Guerrero esteve presente em 16 das 20 partidas do Rubro-Negro no ano.

Sábado, o Flamengo disputa uma partida decisiva contra o Boavista, em Volta Redonda, pela Taça Guanabara, para definir os rumos do Rubro-Negro no Campeonato Carioca. Referência no ataque, Guerrero, como de costume, terá a missão de fazer a diferença. É hora para quebrar o jejum de gols pelo clube.