Missa Fla

Bancada onde normalmente jogadores dão entrevistas, serviu de altar nesta segunda-feira (João Pedro Granette)

João Pedro Granette
05/12/2016
19:36
Rio de Janeiro (RJ)

Na volta aos trabalhos nesta segunda-feira, o Flamengo homenageou as vítimas do acidente envolvendo o avião da Chapecoense, na semana passada, com uma missa, conduzia pelo Padre Dirceu Rigo, da Igreja Matriz de São Jorge, localizada em Quintino, Zona Norte do Rio de Janeiro. 

Os jogadores Juan, Ederson, Guerrero e Jorge estavam presentes na cerimônia que aconteceu na sala de imprensa do clube, no Centro de Treinamento do Ninho do Urubu. O dirigente Rodrigo Caetano também marcou presença e agradeceu a todos que estavam ali para acompanhar a homenagem. 

Zé Ricardo e Jayme de Almeida não só acompanhavam a missa, como também fizeram parte dela, lendo trechos da Bíblia para todos os que estavam presente na sala de imprensa no Ninho do Urubu, que eram cerca de 60 pessoas. 

Com imagens da Chapecoense espalhadas pelo local, uma flâmula com o escudo do clube e velas representando a equipe, o Padre fez questão de lembrar com carinho de todos que se foram, não só os atletas, mas também os jornalistas. Missa durou cerca de uma hora e terminou com todos confraternizando entre si.