Climão Campeonato Carioca - Vasco x Flamengo

Policiais escoltaram torcedores do Flamengo até o estádio (Foto: Cleber Mendes/Lancepress!)

David Nascimento e Paulo Victor Reis
14/02/2016
16:58
Rio de Janeiro (RJ)

Cerca de 15 torcedores do Flamengo foram detidos acusados de depredar um banheiro de São Januário. Os rubro-negros foram contidos pela Polícia Militar após muita confusão, cerca de três horas antes da bola rolar no clássico. Pelo menos três portas e vasos foram destruídos. Os visitantes reclamaram muito de falta d'água.

O major Silvio Luiz, comandante do Grupamento Especial de Policiamento em Estádios (Gepe), confirmou, ao LANCE!, que os rubro-negros foram flagrados destruindo o banheiro de São Januário. O caso chamou atenção de quem entrava no estádio. Ao verem o grupo de detidos, muitos torcedores se perguntavam sobre o que tinha acontecido.

Os torcedores rubro-negros de torcidas organizadas foram conduzidos pela Polícia Militar ao estádio. Eles ficaram concentrados num terreno ao lado da Prefeitura do Rio, na Cidade Nova, e foram caminhando até São Januário. Não houve registro de confusão neste trajeto. 

Já na rua ao lado de São Januário, houve uma pequena confusão entre dois torcedores do Flamengo. O caso foi rapidamente contido pela Polícia Militar. Os rubro-negros reclamaram muito do fechamento de bares na parte destinada à entrada deles. Dentro do estádio, apenas um bar, superlotado, atendia aos flamenguistas. Com o calor muito intenso, funcionários do Vasco passaram a atender os visitantes por meio de brechas numa grade de separação, atrás da arquibancada.