Mr. Catra (Foto: Reprodução/Eu Amo Baile Funk)

Mr. Catra não é contra vida badalada de jogadores de futebol nos dias de hoje (Foto: Reprodução/Eu Amo Baile Funk)

Carlos Eduardo Sangenetto
Rafael Pereira
05/11/2015
06:50
Rio de Janeiro (RJ)

"Sabe aqueles dias que tu acorda de ressaca?" Provavelmente você leu esta primeira frase e já veio uma música à cabeça. Pois é, ela pertence ao Rei do Funk Carioca, popularmente conhecido como Mr. Catra. Torcedor do Flamengo e aniversariante do dia, o funkeiro confirmou ser o ex-dono da casa em Vargem Grande, na qual cinco jogadores do Rubro-Negro (Pará, Everton, Alan Patrick, Paulinho e Marcelo Cirino) se envolveram em uma festa regada a bebidas e mulheres. "O bagulho foi sério". Tão sério, que os atletas chegaram a ser afastados pela diretoria do clube da Gávea. Apesar do quinteto já ter sido "perdoado", ele não concordou muito com isso...

- Eu não puniria, ligado? eu trocaria uma ideia com os moleques. O Flamengo tem que amparar os caras. Aquilo não pode ser um exército - opinou.

Ok, o LANCE! sabe que Catra não é nenhum especialista em futebol, nem faz parte de nenhuma diretoria. Mas se tem uma coisa que ele entende é... festa.
A tal comemoração teve a total aprovação do rubro-negro, hoje com 47 anos.

‘‘Em 2009 tinha Sheik, Adriano, Bruno...
Era uma galera boa,né, malandro? Hahaha!’’

- O futebol está muito chato.
Os moleques foram lá uma vez e festejaram. Não é por causa disso que o Flamengo está mal. Como eu disse, o futebol perdeu a alegria, o bagulho era mais maneiro. Eu não reprovo, não. Romário era baladeiro e era o Romário. Ronaldinho era o Ronaldinho. Só não pode atrapalhar a carreira. Pô, tá ligado? - questionou. O Fla ocupa a 11ª colocação no Brasileirão com 44 pontos e chances remotas de terminar o ano no G4 - faltam cinco rodadas e a distância é de nove pontos.

Image and video hosting by TinyPic


O músico não precisou ir muito longe e nem falar de outro clube para tentar buscar um exemplo de que a curtição fora dos gramados não prejudica o desempenho de um time.

- Para mim, o último grande título do Flamengo foi o Brasileiro de 2009. Com quem a gente ganhou? Adriano, Sheik, Bruno... Era uma galera boa, né, malandro? Hahaha -  brincou o cantor, que ainda falou sobre a casa da festa, "cavou" um convite e deu uma dica para o quinteto e outros baladeiros do mundo da bola:

- A casa tem tudo que precisamos para curtir uma boa festa. E vocês sabem que eu gosto de uma. Se me chamarem, eu vou! Mas só tem uma coisa: não pode fotografar... Hahahaha - encerrou com sua inconfundível gargalhada.

         CATRA MONTOU UMA SELEÇÃO COM FESTEIROS PREFERIDOS
                          VEJA GALERIA DE FOTOS ABAIXO!

EX-FLAMENGO, VAMPETA NÃO ACREDITA QUE HAVERIA
PUNIÇÃO SE SHEIK OU GUERRERO ESTIVESSEM PRESENTES


Boleiro das antigas, com passagem pelo Flamengo, o veterano Vampeta também falou sobre a polêmica que atingiu o clube na última semana. Para ele, a punição imposta aos jogadores não teria sido aplicada se Sheik ou Guerrero estivessem envolvidos na festa.

Image and video hosting by TinyPic


- Eu nunca tive problema com isso, curtia minha folga. Mas queria ver se fosse o Guerrero ou o Sheik nesta festa. Queria ver como ia ser. Não daria em nada, tenho certeza. E outra coisa, se o Flamengo estivesse no G4 nada teria acontecido, duvido. Mas só que o time está mal, fizeram um planejamento para Libertadores e não renderam. Deixaram vazar fotos, aí já viu... - avaliou.