Flamengo

Lucas Paquetá abriu o marcador depois de perder pênalti (Imagem: Reprodução/SporTV)

LANCE!
10/01/2016
22:34
Mogi das Cruzes (SP)

O Flamengo segue em alta na Copa São Paulo. Na noite deste domingo, em Mogi das Cruzes (SP), o Rubro-Negro goleou o Brasília por 3 a 0 e avançou à terceira fase da competição. Os gols foram marcados por Lucas Paquetá, Felipe Vizeu e Patrick. Foi o quarto triunfo em quatro jogos do Fla no torneio, mantendo o seu 100% de aproveitamento. Na próxima fase, o time da Gávea vai encarar o Red Bull Brasil (em data ainda a definir), em um reencontro dentro da Copinha. Na estreia dos times, em 3 de janeiro, a equipe carioca levou a melhor por 2 a 1.


MEIA-ATACANTE PERDE PÊNALTI E SE REDIME COM GOL

O primeiro tempo no Estádio Francisco Ribeiro Nogueira começou em ritmo acelerado. Logo aos três minutos, o atacante rubro-negro Felipe Vizeu foi puxado dentro da área e o árbitro deu pênalti para o Flamengo. Lucas Paquetá foi para cobrança, mas o meia-atacante bateu para fora, por cima do gol.

A partida continuou muito corrida e o Flamengo não deixou se abater pelo pênalti perdido. Aos 11 minutos, Lucas Paquetá aproveitou bola escorada para o meio da área após cobrança de escanteio e chutou de primeira para abrir o marcador, se redimindo da cobrança desperdiçada.

Apesar da desvantagem, o Brasília não se lançou para a frente e decidiu apostar em contra-ataques. Ao Flamengo, coube trabalhar a bola. Com 30 minutos, apareceu um espaço no ferrolho do Brasília e o Rubro-Negro ampliou o marcador. O volante Trindade fez bonito lançamento do campo de defesa e achou Felipe Vizeu, que ganhou de zagueiro na corrida, entrou na área, cortou o goleiro Fábio e balançou a rede.

O Brasília, enfim, decidiu atacar mais, porém não foi efetivo. O goleiro Thiago, do Fla, não precisou fazer grande esforço na etapa inicial. O fim do primeiro tempo teve apenas o começo de uma chuva forte, porém nenhum gol a mais.

RESERVA ENTRA PARA SELAR TRIUNFO

A segunda etapa iniciou com pressão do time da capital federal. O perigo rondou o gol do Flamengo por algumas vezes e o susto maior ocorreu aos sete minutos, quando o goleiro Thiago evitou o pior ao salvar Rubro-Negro em grande defesa, após cabeceio à queima roupa, dentro da área.

O Flamengo viu que era necessário dar uma resposta e quase ampliou o placar por duas vezes. Aos nove, Lucas Paquetá chutou na cara do gol, mas o goleiro colocou para escanteio. Um minuto depois, foi a vez de Felipe Vizeu também desperdiçar oportunidade na frente do goleiro, que mais uma vez conseguiu mandar para linha de fundo.

Depois do começo de etapa a mil por hora, os times se alternaram no ataque, mas sem grandes oportunidades produzidas. O Flamengo estava com a criação pouco efetiva, e aos 26 minutos o meia Matheus Sávio foi substituído pelo também meia Patrick. Uma mudança certeira.

Aos 28 minutos, o Flamengo construiu grande jogada pela direita e o lateral-direito Thiago Ennes cruzou para Lucas Paquetá. O meia-atacante parou no goleiro, mas Patrick pegou o rebote e marcou. Foi o 13° gol rubro-negro em quatro jogos, bom número de um time embalado em busca do sonhado tricampeonato na Copinha.