Chiquinho e Rodinei (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

Chiquinho e Rodinei na apresentação (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

Paulo Victor Reis
13/01/2016
13:26
Mangaratiba (RJ)

O Flamengo apresentou nesta quarta-feira mais dois reforços para esta temporada: os laterais Chiquinho e Rodinei. O primeiro chega para ser uma sombra do promissor Jorge, enquanto o outro vem para ocupar uma vaga no time titular. Neste primeiro contato com a imprensa pelo Rubro-Negro, o novo camisa 2 chamou atenção pela descontração e o carisma.

O jogador de 23 anos foi muito espontâneo e arrancou algumas risadas dos jornalistas ao comentar sobre uma orientação do técnico Muricy Ramalho.

- Bota na frente que o neguinho corre, é isso que ele está pedindo para mim no primeiro momento (risos). Ele também pede para fechar a linha de quatro - comentou o lateral, que ainda se impressiona com o tamanho do Flamengo.

- Não tô acreditando até agora. Até falei com o Chiquinho antes da entrevista: 'Imagina a hora que chegarmos na sala, quantas câmeras vão ter?'. Já estou tremendo todo, ainda não acordei, mas estou trabalhando firme, para fazer um grande papel pelo Flamengo. Você está com os olhos fechados e acorda no Flamengo, é um sonho de garoto. Batalhei a vida inteira para chegar aqui no Mengão - afirmou o atleta, que foi contratado junto a Ponte Preta, firmando contrato por quatro anos com o Rubro-Negro.

Mais experiente, Chiquinho, de 26 anos, já acumula passagens por outros grandes clubes, como Corinthians, Santos e também Fluminense. Ele destacou a importância de vestir a camisa rubro-negra e parafraseou Willian Arão, na apresentação.

- O sonho de todos os jogadores é jogar no Flamengo. Agora, sou Mengão. Para mim, é uma vitória estar jogando no Flamengo. Hoje, estou muito feliz. Vou buscar meu espaço, respeitando a todos os jogadores - comentou.