icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
20/08/2015
00:46

Não bastasse a derrota por 1 a 0 sobre o Vasco, nesta quara-feira, o presidente Eduardo Bandeira de Mello se envolveu em uma confusão com torcedores rubro-negros na saída da área dos camarotes. Indignados com o resultado negativo diante do time de São Januário, os torcedores pediam a saída do técnico Cristovão Borges. O mandatário, irritado, partiu para cima do flamenguistas e precisou ser contido pelos seguranças do clube, que acalmaram a situação.

Após o fim da partida, Bandeira de Mello, como de costume, encaminhou-se ao vestiário do Flamengo para conversar com os jogadores. Com o resultado e a situação envolvendo o mandatário, os atletas foram orientados pela assessoria de imprensa do clube a não darem qualquer tipo de declaração.

Não bastasse a derrota por 1 a 0 sobre o Vasco, nesta quara-feira, o presidente Eduardo Bandeira de Mello se envolveu em uma confusão com torcedores rubro-negros na saída da área dos camarotes. Indignados com o resultado negativo diante do time de São Januário, os torcedores pediam a saída do técnico Cristovão Borges. O mandatário, irritado, partiu para cima do flamenguistas e precisou ser contido pelos seguranças do clube, que acalmaram a situação.

Após o fim da partida, Bandeira de Mello, como de costume, encaminhou-se ao vestiário do Flamengo para conversar com os jogadores. Com o resultado e a situação envolvendo o mandatário, os atletas foram orientados pela assessoria de imprensa do clube a não darem qualquer tipo de declaração.