RADAR/LANCE!
25/04/2016
09:52
Rio de Janeiro (RJ)

Mesmo optando por desembarcar em uma saída alternativa no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro, a delegação do Flamengo foi alvo de protestos com direito a socos e pontapés de torcedores no ônibus do clube, na madrugada desta segunda-feira, ao retornar de Manaus. A confusão teve que contar até com um tiro de bala de borracha por parte da Polícia Militar, que agiu imediatamente para conter o tumulto.

No local, havia cerca de 80 rubro-negros - entre eles membros de pelo menos três torcidas organizadas - que foram demonstrar insatisfação após a derrota por 2 a 0 e eliminação diante do Vasco, no último domingo, pelas semifinais do Campeonato Carioca. 

A princípio, membros da comissão técnica e jogadores do Flamengo sairiam pelo portão dois do aeroporto, mas a opção de desembarcar em uma saída alternativa, que se deu por volta das 0h30, foi para evitar o contato direto com os torcedores.