Eduardo Bandeira de Mello, presidente do Flamengo (Foto: Igor Siqueira)

Presidente do Flamengo disse não ter 'sangue de barata' (Foto: Igor Siqueira)

LANCE!
29/05/2016
16:42
Rio de Janeiro (RJ)

O presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, discutiu com um torcedor na vitória do Rubro-Negro sobre a Ponte Preta, por 2 a 1, neste domingo. De acordo com informações do Globoesporte.com, o mandatário foi contido após a confusão.

Em entrevista à Fox Sports, Bandeira disse que estava sendo alvo de perseguição do torcedor. O presidente assistia ao jogo num camarote localizado acima da torcida rubro-negra.

- O torcedor estava me hostilizando. Toda vez que um jogador do Flamengo errava um passe, ele me hostilizava. Eu não tenho sangue de barata. Sou torcedor igual a ele - disse Bandeira.