Andrade acredita que o Fla pode surpreender no Brasileirão mesmo sem o Maracanã

Andrade acredita que o Flamengo pode surpreender no Brasileirão (Cleber Mendes/LANCE!Press)

João Mércio Gomes
14/05/2016
08:00
Rio de Janeiro (RJ)

Hexacampeão brasileiro e ídolo rubro-negro, Andrade é o atual recordista de títulos nacionais. Foram cinco conquistas como jogador em menos de 10 anos, sendo quatro pelo Flamengo (80, 82, 83 e 87) e um pelo Vasco (89). O sexto, como treinador do Fla em 2009, foi uma surpresa para o até então auxiliar técnico, que assumiu a equipe na 14ª rodada da competição. Naquele ano, porém, o clube tinha o 'fator casa' a seu favor e emplacou a melhor média de público do campeonato, com mais de 40 mil pagantes por jogo no Maracanã.

- É um diferencial. A partir do momento em que se consegue três vitorias seguidas, a torcida abraça o time. É fundamental (contar com o Maracanã). Os jogadores conhecem o campo, a torcida faz um caldeirão. - disse Andrade, que mesmo sem casa, acredita numa boa campanha da equipe neste ano.

- Futebol é uma coisa sem lógica, e o Flamengo pode surpreender. Entra com boas possibilidades no Brasileirão. 

SAÍDA DE WALLACE

Criticado pela torcida desde o ano passado, o zagueiro Wallace pediu para sair e não joga mais pelo Flamengo neste ano. O jogador já havia passado a braçadeira de capitão depois da eliminação para o Vasco no Carioca, na semana passada. Para Andrade, as críticas ao camisa 14 foram injustas.

- Ele é vítima de toda uma situação. Quando o time não se encontra dentro de campo, está numa fase dessas, não se pode escolher um ou dois para sacrificar. Não era apenas o Wallace, todo o time vinha mal. É injusto (crítica-lo dessa forma). 

​Sem Wallace, Muricy Ramalho tem como opção para a defesa apenas o veterano Juan e o jovem Léo Duarte, de 19 anos. O Flamengo faz sua estreia no Brasileirão contra o Sport, neste sábado, às 16h, em Volta Redonda.