Rafael Moura, autor de um dos gols na vitória do Figueirense sobre o Criciúma (Foto: Luiz Henrique/Figueirense FC)

Rafael Moura, autor de um dos gols na vitória do Figueirense sobre o Criciúma (Foto: Luiz Henrique/Figueirense FC)

RADAR/LANCE!
28/03/2016
18:17
Florianópolis (SC)

Depois de um primeiro turno decepcionante na sexta colocação, a sequência de três vitórias obtidas após o triunfo sobre o Criciúma por 2 a 0, neste domingo, deu ao Figueirense esperanças de conseguir a classificação à final do Campeonato Catarinense. Para Rafael Moura, autor do segundo gol diante do Tigre, o resultado só foi possível devido por conta d mudança de postura do time alvinegro.

- A vitória, o momento, essa mudança, teve uma conversa, um pacto, contra o Inter de Lages, eu nem estava presente, mas foi prometido uma mobilização maior, uma dedicação ainda maior, porque quando houvesse chance de classificar, o Figueirense iria brigar por isso. Eu venho no embalo, na melhora gradativa de cada atletas, e isso me ajuda. Quando a bola chega, tenho a felicidade de ajudar a equipe - disse o jogador à rádio CBN/Diário.

He-man, que marcou dois gols em dois jogos vestindo a camisa do Furacão catarinense, disse ser gratificante a forma como o grupo do Figueira o recebeu.

- Desde o primeiro dia, super à vontade desde a contratação, no dia a dia, a importância que me foi passada é gratificante. No meu primeiro gol e hoje (domingo), todo mundo, os garotos, até quem não conhecia há 15 dias, me abraçando, aplaudindo, a receptividade foi muito boa e parece que estou aqui há anos.

A próxima partida do Figueirense no Estadual será diante da Chapecoense, líder da competição, com 13 pontos. O jogo acontecerá no sábado, às 16h, no Orlando Scarpelli. O Furacão está na quarta colocação, com 9 pontos.