Rafael Silva, atacante do Cruzeiro (Foto: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro)

Rafael Silva, novo reforço do Figueirense (Foto: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro)

RADAR/LANCE!
01/07/2016
20:34
Florianópolis(SC)

Após a derrota pro Palmeiras por 4 a 0, a maior sofrida pelo Figueirense neste Campeonato, o técnico Vinícius Eutrópio afirmou que saiu satisfeito com o primeiro tempo da equipe. Em sua avaliação, porém, o segundo gol sofrido no jogo, no último minuto da primeira etapa foi o que sacramentou a derrota. 

 - Fizemos um primeiro tempo dentro das nossas possibilidades, da estratégia, até bom. Treinamos, mas aconteceu o primeiro gol. E faltando um minuto para terminar o primeiro tempo, até falamos em levar o 1 a 0 par ao intervalo, porque tivemos escapadas com Ferrugem, com Bady. Mas o 2 a 0 no fim do primeiro tempo nos matou. O Palmeiras voltou para o segundo tempo sem pressão. E o resultado saiu ao natural

O treinador também destacou que a defesa do Figueirense é bem sólida. Somente na partida contra o Palmeiras, os alvinegros sofreram 28,5 % dos 14 gols sofridos neste Campeonato Brasileiro. 

- Até então tínhamos uma das melhores defesas. Futebol não é posição. São ações ofensivas e defensivas.  Faltou nosso time ser eficiente.  

Rafael Silva

O Figueirense anunciou na manhã desta sexta-feira que assinou um contrato de empréstimo com o atacante Rafael Silva, que estava sem espaços no Cruzeiro. O contrato é válido até o fim deste ano. 

O atacante tem 25 anos e começou a aparecer no cenário nacional em 2014, quando foi campeão paulista com o Ituano. Depois, transferiu-se para o Vasco, onde foi campeão carioca em 2015. Desde o início deste ano ele estava em BH.