Treino Portugal

Portugueses durante o treino na manhã desta segunda-feira, em Marcoussis. Só a vitória sobre a Hungria valerá a classificação sem que a seleção dependa de outros resultados (Foto: Carlos Alberto Vieira)

CARLOS ALBERTO VIEIRA
20/06/2016
10:44
Marcoussis (FRA)

O meia português Adrien Silva, que pode ser a novidade do treinador Fernando Santos para o jogo desta quarta-feira contra a Hungria, em Lyon, disse que Cristiano Ronaldo não parece ter sentido o peso das críticas de boa parte da imprensa e das vaias da torcida. Mesmo após ter perdido tantas chances contra Islândia e, principalmente a Áustria, dois empates não esperados e que colocaram o jogo contra os húngaros como de vida ou morte para a classificação lusitana.

- A crítica faz parte do nosso dia-a-dia e Cristiano Ronaldo está sereno. Não vai se deixar prejudicar. Várias vezes o criticaram e ele sempre respondeu muito bem. Aqui na seleção, Cristiano  e todos nós sabemos como reagir e lidar com esse tipo de coisa. O que precisamos é vencer os jogos que já estamos dominando - disse Adrien.

No treino de ontem, realizado sob chuva fina no CT da seleção de Rúgbi da França - onde Portugal instalou o seu QG, a 40km de Paris - o clima era de absoluta tranquilidade. Cristiano Ronaldo se aqueceu numa rodinha ao lado do zagueiro Pepe e sempre que podia mandava bolas cheias de efeito para os preparadores que também participavam da brincadeira. Sem habilidade, eles não conseguiam dominá-las.

Embora só a vitória interesse, o clima de confiança é corroborado por todos. Principalmente o treinador Fernando Santos.

- Espero voltar para Portugal no dia 11 de julho sob os aplausos da torcida. Vamos passar pela Hungria, pois somos favoritos  - comentou o comandante, que neste domingo à tarde deu folga aos jogadores, que tiveram de retornar até o começo da manhã desta segunda-feira.


Até para a imprensa, a sensação é a de que falta muito pouco para Portugal engrenar.

- Conta a Islândia o time foi mal. Mas jogou bem contra a Áustria, dominando e criando. Só faltou sair o gol - disse Pedro Azevedo, da Rádio Renascença.

- O treinador diz que pode mudar alguma coisa. Mas arriscaria que não sai ninguém, só por lesão mesmo - disse José Carlos Freitas, do Jornal Record, cravando que o esquema com CR7, Nani e Quaresma no ataque, no 4-3-3 é uma certeza. 

A dúvida


No treino não participaram o lateral-esquerdo Raphael Guerreiro e o armador André Gomes. Com dores musculares eles foram até um clínica para a realização de exames. Caso André seja vetado, Adrien entrará em seu lugar. Já Guerreiro não é considerado problema.