Pepe - Portugal x França

Pepe comemora título inédito de Portugal na Eurocopa (Foto: Patrik Stollarz / AFP)

LANCE!
10/07/2016
21:04
Saint-Denis (FRA)

O zagueiro Pepe foi eleito o melhor jogador da final da Eurocopa, vencida por Portugal por 1 a 0 sobre a França, no Stade de France, em Saint-Denis. O jogador, que foi dúvida durante a semana por conta de dores musculares e chegou a desfalcar Portugal na semifinal diante de País de Gales, fez boa dupla com José Fonte e anulou grande parte das ações do ataque da seleção francesa.

– Essa vitória foi de pura humildade, pois representamos todos os portugueses. Tentamos representar da melhor forma possível. Independente das críticas durante a Euro, no tínhamos um objetivo e um foco, que foi alcançado. Entramos para a história do futebol português.

Pepe revelou que será uma noite para jamais esquecer. Afinal, é o primeiro título importante da história da seleção portuguesa.

– Tínhamos de continuar fazendo o trabalho, defender bem. Eles tinham que arriscar por jogar em casa, mas foi uma vitória de superação. As pessoas que nos apoiaram mesmo de longe sempre incentivaram e isso foi fantástico. Com certeza é uma noite inesquecível.

Pepe, Fonte João Moutinho e João Mario - Portugal x França
Pepe comemora título com companheiros (Foto: Franck Fife / AFP)

O jogador do Real Madrid também fez questão de ressaltar a união da seleção, principalmente após a saída de Cristiano Ronaldo ainda no primeiro tempo. Ele elogiou o técnico Fernando Santos.

- Nosso técnico é muito inteligente, misturou experiência e juventude no nosso grupo e isso fez bem para o nosso futebol. Tudo isso foi fruto de muito trabalho e muita determinação por parte de nosso elenco. Estamos de parabéns por não perder o foco durante nenhum minuto.

França x Portugal
Cristiano Ronaldo com a taça da Eurocopa (Foto: MIGUEL MEDINA/AFP)

Um dos mais experientes de Portugal, Pepe também falou como foi o vestiário durante o intervalo sem Cristiano Ronaldo.

- Foi complicado, porque perdemos o nosso principal jogador. Nosso jogador que carregava nossas esperanças, ele poderia marcar um gol, sabemos da capacidade do Cristiano. Mas nós tínhamos que ganhar para ele, passei para os companheiros. No intervalo tivemos um plano B, o treinador mexeu muito bem na equipe. O sacrifício foi imenso que tivemos aqui, deixamos tudo pelo nosso povo. Fomos humildes e conseguimos o resultado positivo.