Inglaterra x País de Gales

Bale disputa a bola pelo alto. Craque de Gales abre o placar, mas a Inglaterra busca o empate com o Iluminado Vardy (Foto: AFP/MARTIN BUREAU)

CARLOS ALBERTO VIEIRA
16/06/2016
12:30
Lens (FRA)

A Inglaterra perdeu um monte de gols no primeiro e saiu para o Intervalo derrotada por 1 a 0 pelo País de Gales, gol do provocador Gareth Bale. Na volta, o treinador Hodgson voltou com Sturridge e Vardy. A torcida acendeu tão logo viu a dupla. Parecia prever o que iria acontecer. Aos dez, ela explodiu quando Sturridge cruzou a bola que sobrou para Vardy empatar. E aos 46 foi ao delírio quando Sturridge virou o placar garantindo uma duríssima vitória por 2 a 1, em Lens, que colocou os ingleses na liderança do Grupo B, com quatro pontos, contra três de Gales e Eslováquia e um da Rússia. Todos ainda com chances de classificação à próxima fase. 

Os ingleses fizeram um jogo muito consistente, com Rooney mais recuado, aparecendo como municiador e cobrados de escanteios e cada lateral se destacando em um tempo. Já Gales tratou de jogar muito fechado. Ao sair na frente, tratou de passar a segunda etapa totalmente recuado, com oito defensores e, depois dos 35 minutos, com todos. Acabou punida pelo defensivismo extremo.

O JOGO

A Inglaterra foi bem melhor no primeiro tempo. Deu um cartão de visitas na excelente jogada que Kane iniciou e Lallana cruzou para Sterling livre perder na pequena logo com dois minutos. O bom toque de bola, com apoio consistente do lateral-direito Walker fez o time inglês mandar em campo contra Gales que marcava fortemente na sua área mas deixava espaços na intermediária. Cahil, Smalling e Kane por pouco não abriram o placar e o time de Roy Hodgson ainda reclamou pênalti claro quando Davies, com o braço esticado, tocou a mão na bola na frente do auxiliar da linha de fundo.

Apesar de dominado, Gales fazia um bom jogo, procurando levar a bola com Bale e, principalmente com Ramsey. Bem marcado, Robson-Kanu era anulado. Porém, Gales acabou achando um gol. Na cobrança de uma falta quase da intermediária , Bale mandou a canhota e Hart aceitou.

Ex-jogador do Tottenham, o camisa 11 nem queria saber, correu até a zona da torcida inglesa, desafiador, zoando o torcedor rival.

A Inglaterra voltou do intervalo com Vardy e Sturridge nas vagas de Kane e Sterling. A torcida inglesa explodiu em aplausos. Parecia saber que as mudanças  funcionariam. Aos dez minutos o cruzamento de Sturridge terminou com a sobra que Vardy mandou para a rede empatando o jogo.

A Inglaterra mandava. Pela esquerda, o lateral Rose cresceu muito e o time passou a sufocar tanto pelos flancos quando pelo meio, com Sturridge.

Gales se fechou. Os laterais passaram a avançar pouco e os dois volantes ficaram fixos. Um tremendo 5-2-2-1 até os 25 minutos, quando o treinador resolveu tirar seu único atacante para entrar com o meia Jonathan Williams, que jamais marcara um gol sequer para a sua seleção. Bale passou a ser o mais avançado.

Embora trabalhasse bem a bola, Rooney voltava para buscar o jogo e liberava a garotada inglesa (já com Rashford em campo), o time não conseguiu uma grande chance. 

Nos dez minutos finais, Gales não trocou dois passes no seu ataque. Bale virou mais um homem de marcação. Aí veio o castigo nos acréscimos. Uma bela  jogada iniciada por  Rose pela esquerda terminou num bate-rebate para o gol chorado de Sturridge. Inglaterra 2 a 1 com os caras que vieram do banco.

Fim de jogo. E é provável que nos próximos dias, Bale, aquele mesmo que disse não ter um jogador sequer da Inglaterra que pudesse ser titular de Gales, vá ter de aguentar as provocações. Gales segue na luta pela classificação, mas permanece freguesa inglesa. Não vence o rival desde 1984 e perdeu os últimos cinco clássicos.

FICHA TÉCNICA
INGLATERRA 2 X 1 PAÍS DE GALES
EUROCOPA - GRUPO B - 2ª RODADA
DATA e HORA:
16/6/2016 - 10H (de Brasília)
LOCAL: Estádio Bollaert-Delelis, em Lens (FRA)
ÁRBITRO: Felix Brych (ALE)
AUXILIARES: Mark Borsch e Stephen Lupp (ALE)
CARTÕES AMARELOS: Davies (GAL)
GOLS: Bale, 41'/1ºT (0-1), Vardy, 10'/2ºT (1-1), Sturridge, 46'/2ºT (2-1)

INGLATERRA: Hart; Walker, Cahill, Smalling e Rose; Alli, Dier e Rodney; Lallana (Rashford, 28'/2ºT), Sterling (Sturridge, Intervalo) e Kane (Vardy, Intervalo). TEC: Roy Hodgson

PAÍS DE GALES: Hennessey; Gunter, Chester, Williams, Davier e Taylor; Ledley, (Edwards, 21'/2ºT)  Ramsey, Allen; Robson Kanu (Jonathan Williams, 25'/2ºT) e Bale. TEC: Chris Coleman