Carlos Alberto Vieria
11/06/2016
16:42
Enviado Especial a Paris (FRA)

As brigas que ocorreram entre torcedores russos e ingleses antes do jogo deste sábado, em Marselha, acenderam o sinal vermelho na organização da Eurocopa. O jogo entre Inglaterra e Rússia, que era considerado um dos três de alto risco de violência, contou com reforço no policiamento (um efetivo de 1200) e ainda assim não foi o suficiente para evitar problemas.

Como a segunda partida problemática da lista ocorrerá neste domingo em Paris, entre Croácia e Turquia - que contam com torcedores considerados racistas (croatas) e violentos (turcos) - a imprensa em Paris veicula que uma reunião, provavelmente ainda neste sábado, envolvendo policia, organização e Ministério do Interior, definiria mais fórmulas para evitar confrontos no entorno do estádio e nas saídas da principal linha de metrô que leva ao Parc des Princes.

O terceiro jogo de alto risco será no dia 16 de junho, no Stade de France, entre os eternos rivais Alemanha e Polônia. Na Copa de 2006, foi no confronto entre Alemanha e Polônia, em Dortmund, que ocorreu um dos poucos incidentes graves daquele mundial. No ano passado, pelas Eliminatórias da Euro, em Frankfurt, os torcedores das duas seleções trocaram insultos e chegou a ocorrer brigas pontuais.