Danilo Pereira - Hungria x Portugal

Danilo entrou no segundo tempo na vaga de Nani (Foto: AFP/FRANCISCO LEONG)

CARLOS ALBERTO VIEIRA
22/06/2016
19:39
Lyon (FRA)

Danilo entrou na reta final da partida, em que Portugal empatou em 3 a 3 com a Hungria, nesta quarta-feira, em Lyon, pela Euro. No lugar de Nani. Um volante na vaga de um atacante. Mas o jogador assegurou que a sua entrada não foi para Portugal segurar o jogo e que isso só ocorreu por causa da atitude húngara, de deixar o tempo passar:

- O objetivo, a ordem do treinador era para que eu entrasse e atacasse. Mas estávamos com uma situação favorável de classificação e se levássemos um gol estaríamos fora. Como o nosso adversário abdicou de atacar no fim e por outro lado não queríamos sofrer um gol, o ritmo diminuiu naturalmente.

Em seguida, o volante que perdeu a posição de titular para William Carvalho, disse que Portugal se encontrou ofensivamente. Mas deixou buracos atrás:

- Nos dois primeiros jogos nos faltou consistência ofensiva, neste jogo foi diferente, pois conseguimos concretizar o nosso jogo, Defensivamente não fomos tão bem, mas atingimos o objetivo: a classificação.

O meia João Mário também lembrou a evolução portuguesa a partir do segundo tempo.

- A equipe toda cresceu na segunda parte e vamos  melhorar ainda mais no sábado. Creio que o torcedor verá um time muito mais parecido com aquele que jogou a etapa final contra a Hungria do que o time das primeiras partidas - disse.

Eliseu, o experiente

Questionado por não ter se saído tão bem em seu primeiro jogo como titular, o lateral-esquerdo Eliseu disse que achou que todo o time atuou bem e que ele não sentiu o peso da partida:

- Sou muito experiente para sentir pressão. Tínhamos um objetivo, que era a classificação. Conseguimos e agora vamos nos preparar para o próximo desafio.