Hungria x Portugal

Autor de dois gols no empate em 3 a 3 com Hungria, CR7 evitou falar com jornalistas(Foto: AFP/ATTILA KISBENEDEK)

Carlos Alberto Vieira
22/06/2016
18:17
Lyon (FRA)

Cristiano Ronaldo não estava querendo falar após a partida. Porém, por ter sido o melhor em campo teve de participar da entrevista oficial. Nela, fez uma rápida análise.

- A nível pessoal, estou contente. Foi um jogo de loucos, estivemos por três vezes eliminados da Euro, mas fomos buscar. Estava também muito calor, o que prejudicou. Mas conseguimos o nosso objetivo que foi a classificação.

CR7 logo deixou a coletiva e foi para o ônibus, tendo de passar pela zona mista.

Somente parou para autografar uma bola para um jornalista húngaro e foi ríspido quando a imprensa portuguesa tentou algumas iniciar perguntas.

- Já falei para a TV. Peguem lá.

Perguntado sobre a irritabilidade de Cristiano Ronaldo com a imprensa, a atitude de jogar na água um microfone e o nervosismo do astro no primeiro tempo, o treinado Fernando Santos colocou panos quentes.

- Todo o grupo estava muito pressionado por ter de fazer uma partida tão decisiva logo na fase de grupos.  Cristiano também.

Já o companheiro  João Mário saiu pela tangente quando perguntado se os jogadores comentaram  o caso da atitude  de CR7 pela manhã:

- Acho que era um dia tão importante para nós e para todos. Estávamos focados, não pensando em nada do exterior. Foi essa a imagem que passamos durante o dia.