Diego Simeone - Atletico de Madrid

Diego Simeone não pensa em treinar a Argentina agora, mas... (Foto: Christof Stache / AFP)

LANCE!
06/07/2016
21:05
Madri (ESP)

Diego Simeone pode assumir o cargo de treinador da Argentina se for chamado pela federação do país sul-americano. Número 1 da imprensa e dos torcedores, Cholo assinou uma cláusula com o Atlético de Madrid na qual pode se desvincular do clube para trabalhar na atual vice-campeã do mundo e da Copa América. A informação foi publicada nesta quarta-feira pelo jornal "AS", da Espanha.

Com contrato assinado com o Colchonero até 2020, Simeone tem uma cláusula de rescisão milionária para qualquer outro clube ou seleção... menos a Argentina. Ele chegaria sem a AFA (Associação de Futebol Argentino) pagar um euro sequer.


Lançado em Buenos Aires na semana passada, o livro "Acreditar: o desafio de se superar sempre" conta a visão que o técnico Diego Simeone tem sobre a seleção argentina. Quem debruçar sobre as páginas da obra perceberá que Cholo dificilmente será o substituto de Gerardo Martino, que pediu demissão do cargo nesta terça-feira.

- Claro que penso nesta possibilidade. Seria injusto não reconhecê-la. Mas imagino que suceda em um momento diferente do que estou atravessando hoje. Para mim, é preciso chegar à seleção com grande equilíbrio emocional. Prefiro assumir essa carga de responsabilidade sem urgência, com naturalidade. Preciso me preparar para esse momento. Não pode ser uma situação forçada - escreveu o técnico do Atlético de Madrid.

Nesta quinta-feira, Cholo é aguardado na capital espanhola para começar a pré-temporada.