Pogba - França x Albania

Gesto de Pogba põe TVs sob fogo. Vale o risco de censurar  as imagens para que ela não vire uma polêmica inútil(Foto: Reprodução / Twitter)

CARLOS ALBERTO VIEIRA
17/06/2016
09:44
Paris (FRA)

A celebração de Pogba após o gol de Payet fechando a vitória da França sobre a Albânia por 2 a 0 - quando o camisa 15 festejou olhando para o setor de imprensa e sociais e dando supostamente "uma banana" aos seus críticos  - não vai gerar punição ao jogador. A Uefa não abrirá processo disciplinar, pois os oficiais que estavam na partida não fizeram menção ao gesto. 

Só que a "banana" (na França chamada de "Bras de Honneur") abriu uma outra discussão. Afinal, os principais canais de TV inicialmente não mostraram as imagens já amplamente veiculada em redes sociais, canais de youtube. Esta censura recebeu milhares de críticas através das redes sociais. 

Tudo começou com a  cadeia de TV BelN Sports, exatamente aquela que fez as imagens através de sua câmera que estava apontada exclusivamente para Pogba durante todo o segundo tempo. Ela não repetiu a sequência e, depois, não a retransmitiu. Com isso, apenas quem acompanhava na hora por parabólicas tiveram acesso. Foram alguns destes espectadores que compartilharam as imagens.
 
- Trata-se de uma polêmica inútil. Somos defensores da seleção da França e este não é o momento de criar fatos desnecessários. Ainda mais o nosso canal, que é premium e não precisa deste tipo de "buzzfeed" para ter audiência - disse o diretor da BeIN, Florent Houzot.

Esta opção de não criar  assuntos negativos também irradiou para a  TF1  o canal que transmite os jogos em canal aberto para a França. Esta TV tem o direito de veicular as imagens da BeIN, mas não o fez depois do jogo e nos programas esportivos.  Porém, com a crítica maciça dos internautas, finalmente o canal transmitiu a sequência no seu noticiário geral noturno, 24 horas após o jogo e depois que principais canais rivais - que não possuem os direitos de transmissão da Euro -  obtiveram a "banana de Pogba" do canal de TV belga que tem os direitos da Euro para o seu país.

- Além de Pogba, as tevês também ficaram no olho do furacão desta polêmica, ficando contra a parede. Sem dúvida é uma discussão muito interessante - disse Jérôme Ivanitchenko, da rádio "Europa 1"