Flamengo - PES 2018

Flamengo em PES 2018 (Foto: Reprodução)

Lazlo Dalfovo
13/10/2017
17:32
São Paulo (SP)

Desde o Pro Evolution Soccer 2016, a Konami tem exclusividade com o Flamengo. O clube carioca, inclusive, chegou a ter uma capa especial com o astro Paolo Guerrero como garoto-propaganda. E a ideia da produtora é catapultar a parceria para que a torcida rubro-negra possua mais recursos no mais recente game da franquia, lançado no último mês para PS4, PS3, Xbox One, Xbox 360 e PC.

André Bronzoni, gerente da marca nas Américas, conversou com o LANCE! durante a Brasil Game Show 2017, que vem sendo realizada no Expo Center Norte, em São Paulo (SP). Sem poder entrar em detalhes, André comentou sobre o laço com o Flamengo, que já dura dois anos.

- Esta semana mesmo fui conversar com o pessoal do Flamengo para alinhar outras parcerias, quem sabe até para competições. Eles (do Flamengo) trabalham muito bem e com muito comprometimento, principalmente a equipe de marketing e de comercial. Hoje, posso afirmar que estamos ainda mais próximos do Flamengo. Mais novidades legais serão anunciadas com o Flamengo até dezembro.

Recentemente, o Fla anunciou uma imersão aos e-Sports

No estande da Play Station, o brand manager também comentou os desafios de licenciamento de jogadores. Por fim, Bronzoni falou do comentado imprevisto quanto à troca de capa brasileira às pressas: Philippe Coutinho, do Liverpool, por Neymar, que se transferiu ao Paris Saint-Germain mas ainda aparecia com a camisa do Barcelona no espaço nobre do game.

- Para se ter licença, é só uma questão de estar afim de trabalhar com os times. Mas não é nada simples. No Brasil, cada clube é detentor dos direitos de imagem. Também dificulta o fato de não ter um sindicato dos jogadores que cuide da imagem dos atletas, como a FifPro (Federação Internacional dos Jogadores Profissionais de Futebol) mundo afora. É preciso ir de jogador em jogador - explicou.

- Pretendemos anunciar mais parceiros até janeiro. Temos esse objetivo - emendou André.

O Arsenal foi o último clube anunciado como parceiro do PES 2018. O gigante inglês não é exclusivo, ele está no concorrente Fifa 18 (EA Sports). Já em relação ao Brasil, Flamengo, Vasco e Corinthians são exclusivos da série da Konami e os únicos a possuírem jogadores originais - e não genéricos, como ocorre nas outras equipes.

- A troca de capa é que nos causou muita dor de cabeça. Não sabíamos da negociação do Neymar com o PSG, foi muito complicado resolver isso às pressas - contou André Bronzoni.

Cabe lembrar que o anúncio de Coutinho, com a camisa da Seleção Brasileira, na capa se deu no início de agosto, mesmo período em que Neymar, então atleta do Barcelona, forte parceiro do PES, decidiu jogar no Paris Saint-Germain. O Brasileiro aparecia ao lado de seus antigos companheiros do Barça. 

Coutinho - PES 2018
Capas de PES 2018 com Coutinho (Foto: Divulgação)