Arthur Zanetti

Arthur Zanetti é um dos favoritos ao ouro olímpico(Foto: Ricardo Bufolin/CBG)

LANCE!
18/04/2016
22:19
Rio de Janeiro

O ginasta Arthur Zanetti, que faz parte da Equipe Furnas, ficou com a medalha de ouro nas argolas no evento-teste para os Jogos Olímpicos Rio 2016, nesta segunda-feira (18/4). Arthur, campeão olímpico, ficou com a nota 15.866 e o ouro no evento que serviu para verificação das instalações da Arena Olímpica da Barra. O grego Eleftherios Petrounias, campeão mundial em Glasgow (ESC), no ano passado, ficou com a prata (15.833) e o francês Samir Ait Said, com o bronze (15.500). Foi a primeira competição do brasileiro neste ano.

- Foi uma conquista maravilhosa. Competir na mesma arena da Olimpíada e sair com esse resultado foi muito bom. Valeu participar dessa competição. Eu sei o quanto tive que treinar para voltar ao ritmo da minha série como estava antes. Geralmente acontece o contrário, de a nota, na final, ser um pouquinho mais baixa. Mas a série foi muito boa, cravei a saída, isso fez diferença e veio esse ouro maravilhoso - disse Arthur Zanetti.

A estratégia de abrir mão de disputar as etapas da Copa do Mundo de Ginástica para intensificar os treinos parece ter agradado:

- Agora é treino, treino… Só treino! O Marcos (Goto, técnico) vai puxar muito porque a gente viu que faz a diferença. Precisa competir, mas o treino é essencial.

O treinador confirma o que disse Zanetti.

- Deixamos de fazer algumas competições para treinar. Não é nenhuma tática não, mas o Arthur chegou num nível em que precisa de mais treinos do que competições - explicou

A disputa com o grego Petrounias, atual campeão mundial nas argolas, foi acirrada, mas Zanetti disse que a pressão vem de todos os lados.

- Pode acontecer de ele ficar em primeiro em uma qualificatória, competir e jogar a pressão pra cima de mim… Quem estiver melhor de cabeça na hora é que vai tirar o melhor resultado. A torcida ajuda, a gente sentiu que a torcida brasileira está do nosso lado. Estar em casa é muito bom, uma grande vantagem, é totalmente positivo.

Arthur revelou o que conversou com Petrounias no pódio.

- Disse que foi uma competição muito difícil. Como ele foi campeão mundial, era o cara a ser batido e ninguém sabe o quanto que eu treinei para conseguir esse resultado. Falei para ele que estava muito feliz pela conquista dele também.

Já Marcos Goto destaca outros concorrentes pelo ouro olímpico no Rio.

- Tem dois chineses, um americano, um russo... Nossa, tem bastante gente. Estamos no caminho certo para a Olimpíada.