Pedro Solberg e Evandro com a medalha de prata (foto:Matheus Vidal/CBV)

Pedro Solberg e Evandro começam a disputa da etapa na quinta-feira (foto:Matheus Vidal/CBV)

LANCE!
04/07/2016
14:21
Rio de Janeiro

O clima olímpico está cada vez mais presente no Circuito Mundial de Vôlei de Praia, restando apenas dois eventos antes das disputas nas areias de Copacabana. A próxima etapa do tour, o Major Series de Gstaad, na Suíça, disputado desta terça-feira (5/7) a domingo (10/7), sediará o sorteio dos grupos dos Jogos Olímpicos Rio 2016 e terá 11 duplas do Brasil: seis no torneio masculino e cinco no feminino.

Com 22 das 24 vagas de cada naipe aos Jogos Olímpicos já definidas, o sorteio ocorrerá no sábado, a partir das 19h30 (horário local), com a presença de atletas da Equipe Furnas: Pedro Solberg, Evandro e Bruno Schmidt.

No torneio masculino em Gstaad serão seis duplas na disputa: Evandro/Pedro Solberg, Alison/Bruno Schmidt e Álvaro Filho/Vitor Felipe entram direto na fase de grupos, a partir de quinta-feira. Já Guto/Saymon, Oscar/Thiago e Ricardo/André disputam o country quota (cota do país), na terça-feira, com o time vencedor se credenciando para disputar o qualificatório, no dia seguinte.

Já no torneio feminino serão cinco duplas: Duda/Elize Maia, Juliana/Taiana e Larissa/Talita começam a disputa direto na fase de grupos, a partir de quarta-feira. Fernanda Berti/Josi e Lili/Maria Elisa disputam o qualificatório na terça-feira. Como o qualificatório feminino não completou o limite de 32 duplas, as brasileiras não precisarão se enfrentar no country quota (cota do país).

A fase principal do torneio contará com 32 times (em cada naipe) divididos em oito grupos de quatro duplas. Elas jogam entre si com os primeiros colocados indo direto às oitavas de final (Round 2). Segundos e terceiros de cada chave disputam uma rodada eliminatória a mais, a repescagem (Round 1).

Esta é a 31ª vez que Gstaad recebe uma etapa, tendo sediado 15 eventos no naipe masculino e 16 no naipe feminino. Além da pequena vila aos pés dos Alpes, a cidade de Lucerna também recebeu um evento Open em 2015. O Brasil lidera o quadro de medalha em ambos os naipes na Suíça, com 20 medalhas no masculino e outras 20 no feminino.

A etapa de Gstaad dará 57 mil dólares às duplas campeãs, distribuindo 800 mil dólares em premiações no total. Os campeões somam 800 pontos no ranking do Circuito Mundial. Após a parada na Suíça, o tour mundial segue para o Major Series de Klagenfurt, na Áustria, na última etapa antes do início dos Jogos Olímpicos.