Seleção de nado sincronizado

Seleção de nado sincronizado posa com a Tocha Olímpica Rio 2016 (Foto: Divulgação/cbda.org)

LANCE!
30/06/2016
15:30
Rio de Janeiro

A Seleção Brasileira de nado sincronizado vive os últimos dias de treino no Parque Aquático Maria Lenk, palco da modalidade nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Na última quarta-feira, as atletas, entre elas as gêmeas Beatriz e Branca Feres, Lorena Molinos e Maria Bruno, que fazem parte da Equipe Furnas, se apresentaram para convidados e imprensa.

Foi a última vez que o local foi aberto antes da Olimpíada. A equipe brasileira ainda treinará no local até 9 de julho, mas num ambiente totalmente fechado.
Três das quatro coreografias definidas para os Jogos Rio 2016 foram apresentadas: a do dueto livre (Amazônia) e as duas de equipe, livre (Carnaval) e técnica (Motoqueiros).

O dueto brasileiro é formado por Luisa Borges e Maria Eduarda “Duda” Miccuci. A dupla também está na equipe, que é completada por Lara Teixeira, Pamela Nogueira, Maria Bruno, Maria Clara Lobo Coutinho, Beatriz Feres, Branca Feres e Lorena Molinos.

De 10 a 20 de julho, o grupo treinará em Salvador, retornando ao Rio, onde fará os preparativos finais na Escola Naval, encerrando no dia 29. Dois dias depois, em 1º de agosto, as meninas do nado sincronizado entrarão na Vila Olímpica.

- A gente tem na nossa rotina livre um sambão, com a voz da Ivete Sangalo. Dá uma coreografia muito grande, levanta qualquer um. Esperamos conquistar a arquibancada e os juízes - disse Branca Feres.

- Estamos muito animadas de poder competir em casa, são muitos anos de treino. Poder ter nossos familiares por perto, assistindo ao nosso trabalho, não tem preço - completou Bia Feres.