Fabiana Beltrame (Foto: Washington Alves/Exemplus/COB)

Fabiana Beltrame ainda espera convite para ir aos Jogos Olímpicos (Foto: Washington Alves/Exemplus/COB)

LANCE!
30/05/2016
11:00
Rio de Janeiro

Ainda sem vaga olímpica, Fabiana Beltrame, que faz parte da Equipe Furnas, terminou a etapa de Lucerne (Suíça) da Copa do Mundo de Remo na sétima posição na prova do skiff simples peso leve, que não é olímpica. A brasileira venceu a final b, no último sábado (28/5), após ir mal nas semifinais.

Fabiana, que costuma competir na categoria single skiff, que é olímpica, conseguiu o índice para estar nos Jogos durante a Regata Continental Latino-Americana de Remo, disputada em Valparaíso, no Chile, no fim de março, mas foi atrapalhada pelas novas regras da Federação Internacional de Remo (Fisa) e do COI de que cada país pode classificar apenas um barco masculino e um feminino por categoria. A remadora ficou fora da convocação por critérios técnicos e o barco do double Skiff peso-leve, de Vanessa Cozzi e Fernanda Nunes, vai para os Jogos.

Fabiana tem índice de referência 91,70%, inferior ao da dupla Vanessa/Fernanda, com 93,95%. Desde abril, amigos da remadora vêm fazendo uma campanha nas redes sociais para que ela seja convidada para os Jogos Olímpicos. Seria a quarta vez que ela disputaria uma Olimpíada, após as participações em Atenas-2004, Pequim-2008 e Londres-2012.

A campanha ganhou força na semana passada por conta de os belgas Hannes Obreno, Niels van Zandweghe e Tim Brys terem entrado com uma petição junto à Fisa para terem suas vagas garantidas nos Jogos do Rio. Eles enfrentam o mesmo problema de Fabiana.

Enquanto aguarda a manifestação da Fisa, Fabiana segue treinando como se estivesse classificada para os Jogos.