Alison e Bruno Schmidt

Bruno Schmidt e Alison estão invictos nas areias capixabas (Foto: Matheus Vidal/CBV)

LANCE!
20/03/2016
00:11
Rio de Janeiro

Pela terceira vez consecutiva, o Brasil terá um representante na final de uma etapa do Circuito Mundial de Vôlei de Praia realizada em território nacional. Depois de Pedro Solberg e Evandro brigarem pelo ouro em Maceió (AL) e no Rio de Janeiro (RJ), agora foi a vez de Alison e Bruno Schmidt - atleta da equipe Furnas no Esporte - garantir neste sábado à noite duas vitórias e assegurar um lugar na decisão do Vitória Open do FIVB World Tour, que acontece neste domingo, às 12h20, contra os italianos Nicolai e Lupo, nas areias da praia de Camburi.

Na semifinal, a parceria Alison/Bruno Schmidt (ES/DF) venceu a dupla italiana Ranghieri/Carambula por 2 sets a 0 (21/17 e 23/21), em 41 minutos.

- O Adrian Carambula e o Alex Ranghieri formam uma dupla muito forte. O Adrian é muito habilidoso e o Alex salta muito, são impressionantes. A torcida hoje nos impulsionou ao máximo. Estamos ainda em início de temporada, nem passamos por alguns tipos de treinos, somos um time que usa muita a força física, e ainda não fizemos uma preparação física como gostaríamos, então estamos aqui na raça, no coração, na vontade de jogar, então esta vitória foi muito importante - disse Bruno.

Alison, que é capixaba, ficou bastante empolgado com o apoio do público e a presença de familiares e amigos nas arquibancadas. Ao final da partida ele garantiu que a partida contra os italianos ficará marcada na carreira do bloqueador.

- Hoje foi um dia que entrou para a história da minha carreira. Eu costumava acordar de madrugada para assistir esses dinossauros do vôlei de praia, como Ricardo e Emanuel, o Loiola, que estava ali na torcida. E agora eles estão me assistindo, a arena lotada gritando meu nome, meu apelido, apoiando o nosso time. Isso fez a diferença hoje, a torcida capixaba está de parabéns - contou Alison.

Mais cedo, nas quartas de final, Alison e Bruno Schmidt levaram a melhor no confronto caseiro com a dupla Guto/Saymon (RJ/MS). O capixaba e o brasiliense venceram por 2 sets a 0 (21/17 e 21/13), em 34 minutos.

No intervalo das semifinais dois ídolos do vôlei de praia brasileiro que são capixabas, Loiola e Fábio Luiz, receberam uma homenagem da Federação Espírito-Santense e da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) pelos serviços prestados à modalidade ao longo da carreira de cada um. Loiola foi campeão mundial em 1999 e eleito o melhor jogado da década de 90 e hoje é treinador da dupla Jennifer Kessy e Emily Day, dos Estados Unidos. Fábio Luiz conquistou a medalha de prata em Pequim-2008 e foi campeão mundial em 2005, atualmente ele trabalha na secretaria estadual de esporte do Espírito Santo.

O Vitória Open dará um total de 150 mil dólares em prêmios, e é o terceiro torneio do Circuito Mundial de uma série de quatro com sede no Brasil. A próxima etapa em solo brasileiro será o Fortaleza Open que acontecerá entre os dias 26 de abril e 1 de maio.