Seleção Nado Sicnronizado

Equipe brasileira superou Colômbia, Argentina e Chile (Foto: CBDA/Divulgação)

LANCE!
17/03/2016
15:40
Rio de Janeiro

O Brasil deu um grande passo para manter a hegemonia no nado sincronizado no Sul-Americano de Esportes Aquáticos. Na noite da última quarta-feira, dia 16 de março, o time brasileiro alcançou 80.2749 na nota e garantiu a liderança da rotina técnica.

Com o tema motoqueiras, o time brasileiro, que conta com Lorena Molinos e a gêmeas Bia e Branca Feres, que fazem parte da equipe Furnas no Esporte, superou Colômbia (76.9431), Argentina (76.0484) e Chile (72.6156). As outras atletas que entraram na piscina em Assunção foram Luisa Borges, Maria Eduarda Miccuci, Lara Teixeira, Maria Clara Lobo e Maria Bruno.

Na prova de solo, a experiência e a precisão da brasileira Lara Teixeira, que já soma duas Olímpiadas no currículo, foram essenciais para a conquista da maior nota da noite: 79.5598. A também experiente Etel Sanchez, da Argentina, somou 76.7785 e ficou com a segunda melhor nota, pouco à frente da colombina, Estrada Arango, com 76.7559 pontos.

As competições de nado sincronizado no Sul-Americano de Esportes Aquáticos seguem até sábado.