Equipe Furnas - Vôlei de Praia

Evandro, ao lado do parceiro Pedro Solberg, está nas oitavas de final na Suíça (Foto: FIVB/Divulgação)

LANCE!
08/07/2016
19:05
Rio de Janeiro

O Brasil avançou com quatro duplas à fase eliminatória no torneio masculino do Major Series de Gstaad, nesta sexta-feira. Representantes olímpicos, Alison/Bruno Schmidt (ES/DF) e Evandro/Pedro Solberg (RJ) foram direto às oitavas de final. Já Guto/Saymon (RJ/MS) e Álvaro Filho/Vitor Felipe (PB) disputam a repescagem. Bruno Schmidt, Evandro e Pedro Solberg, já garantidos nos Jogos do Rio-2016, são atletas da Equipe de Furnas.

Além da repescagem e oitavas de final, as quartas de final também serão realizadas neste sábado, enquanto as semifinais, disputa de bronze e final ficam reservadas para o domingo.

Alison e Bruno Schmidt (ES/DF) completaram a fase de grupos com mais uma vitória nesta sexta-feira, ao superarem os italianos Adrian Carambula e Alex Ranghieri por 2 sets a 1 (21/15, 18/21, 15/11), em 46 minutos. Com 100% de aproveitamento e o primeiro lugar no grupo A, foram direto às oitavas de final.

Eles encaram o vencedor do duelo entre os poloneses Kadziola Szalankiewicz contra os brasileiros Álvaro Filho e Vitor Felipe, que foram à repescagem após vencerem nesta sexta os norte-americanos Jeremy Casebeer e Sean Rosenthal no grupo C.

Evandro e Pedro Solberg também venceram nesta sexta e avançaram em primeiro lugar no grupo F. Vitória por 2 sets a 1 (21/17, 19/21, 15/11) contra os letões Samoilovs e Smedins, bicampeões do Circuito Mundial. Nas oitavas eles encaram o vencedor do duelo entre os alemãs Windscheif/Holler e os suíços Nico Beeler/Alexei Strasser.

Guto e Saymon também avançaram ao superarem os noruegueses Daniel Bergerud e Svein Solhaug por 2 sets a 0 (21/18, 21/17), em 29 minutos, ficando em terceiro no grupo B. Na repescagem eles encaram os norte-americanos John Hyden e Tri Bourne, e se vencerem, duelam contra os espanhóis Pablo Herrera e Adrian Gavira nas oitavas de final.

Esta é a 31ª vez que Gstaad recebe uma etapa, tendo sediado 15 eventos no naipe masculino e 16 no naipe feminino. Além da pequena vila aos pés dos Alpes, a cidade de Lucerna também recebeu um evento Open em 2015. O Brasil lidera o quadro de medalha em ambos os naipes na Suíça, com 20 medalhas no masculino e outras 20 no feminino.

A etapa de Gstaad dará US$ 57 mil às duplas campeãs, distribuindo 800 mil dólares em premiações no total. Os campeões somam 800 pontos no ranking do Circuito Mundial. Após a parada na Suíça, o tour mundial segue para o Major Series de Klagenfurt, na Áustria, na última etapa antes do início dos Jogos Olímpicos.