Figueirense x Cruzeiro - Marcelo Moreno (Foto: Eduardo Valente/LANCE!Press)

Marcelo Moreno pode voltar ao Cruzeiro  (Foto: Eduardo Valente/LANCE!Press)

LANCE!
13/12/2016
17:01
Belo Horizonte(MG)

Em meio ao tradicional vaivém do mercado do fim de ano, é comum que o torcedor fique ansioso para saber o desfecho da situação dos jogadores do seu time. Por isso, o Vice-Presidente de Futebol do Cruzeiro, Bruno Vicintin tratou de esclarecer a situação de cada um dos atletas.  

Quanto ao assédio sobre o atacante Willian, o dirigente foi incisivo e destacou que nenhum jogador é inegociável, mas revelou que não será fácil tirá-lo da Toca da Raposa. 

 -Ele é, se não me engano, maior artilheiro da história do novo Mineirão. Todo jogador do Cruzeiro é negociável. Ninguém levará o Willian tão facilmente. Contamos com ele sim, mas tudo depende do mercado. [Marcelo] Moreno é um amigo pessoal que tenho. Conversamos com ele, ele sabe que é um ídolo do clube, que as portas estão abertas. Mas é uma decisão dele. Se ele quiser ficar fora do Brasil, principalmente na China, o Cruzeiro não tem como competir- contou, já abrindo as portas para o retorno do atacante boliviano Marcelo Moreno, ídolo do Cruzeiro e que jogou no clube entre 2007 e 2008 e em 2008.

Por fim, Vicintin também comentou sobre a reposição para a direção de futebol. Thiago Scuro anunciou a sua demissão no último domingo, após a vitória por 3 a 2 sobre o Corinthians, no Mineirão. Havia a possibilidade de Alexandre Mattos, atualmente no Palmeiras, voltar ao clube, mas ele preferiu continuar no clube paulista.

 -É um mercado escasso. Sei que, desde ontem, saem muitas especulações. Vou pedir paciência para a torcida. Mas o Cruzeiro está em duas mãos e vamos trabalhar para dar certo. Procurei o Alexandre Mattos, mas ele já havia se comprometido com o Palmeiras- disse.