LANCE!
27/10/2016
08:59
Rio de Janeiro (RJ)

O revés do Cruzeiro para o Grêmio, por 2 a 0, no jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil, trouxe um episódio de tristeza nas arquibancadas do Mineirão. De acordo com informações da Rádio Itatiaia, o cruzeirense Eros Dátilo Belizário, morreu aos 37 anos. Inicialmente, a notícia era de que sofreu um infarto fulminante após um dos gols gremistas, mas testemunhas teriam relatado uma agressão de um segurança a ele.

Eros teria tentado se deslocar para outro setor do estádio, mas foi impedido por seguranças. Após uma discussão, o segurança o imobilizou com uma gravata, mas o torcedor passou mal e foi socorrido no posto médico do estádio.

Encaminhado em seguida para um hospital em Belo Horizonte (MG), Eros Dátilo Belizardo não resistiu.  No boletim de ocorrência, o segurança da Minas Arena relatou que impediu a invasão de torcedores e, ao ser agredido, tentou se defender.

Em nota divulgada no início da madrugada de quinta-feira, a Minas Arena informou que prestou todo atendimento médico ao torcedor e que lamenta sua morte.

"A Minas Arena lamenta o falecimento do torcedor Eros Dátilo Belizardo, ocorrido após a partida entre Cruzeiro e Grêmio, válida pelas semifinais da Copa do Brasil 2016, e se solidariza com a família nesse momento de dor. O socorro foi prestado ao torcedor, imediatamente, pela equipe médica em serviço na partida. Ele foi levado de ambulância ao posto médico localizado dentro do estádio, atendido pela equipe médica de plantão e encaminhado ao Hospital Odilon Beherens onde, infelizmente, veio a óbito.