Léo, zagueiro do Cruzeiro (Foto: Washington Alves/Light Press)

Atualmente, Léo contabiliza 16 gols com a camisa do Cruzeiro (Foto: Washington Alves/Light Press)

RADAR/LANCE
08/04/2016
18:07
Belo Horizonte

A recuperação de Dedé e a recente lesão de Manoel abriram uma nova vaga na defesa do Cruzeiro. Desta vez, chegou a vez de Léo resgatar a zaga campeã brasileira de 2013 ao lado de Bruno Rodrigo. Com atuais 196 jogos pelo clube, o defensor ainda está perto de alcançar uma nova marca com a camisa do Cruzeiro. Se balançar as redes mais uma vez, Léo irá chegar aos 17 gols com a camisa do clube e entrar no top 3 dos zagueiros artilheiros em toda a história celeste.

- São momentos importantes, números importantes que eu trago comigo, são objetivos. A gente sempre quer alcançar estes objetivos individuais. Próximo dos 200 jogos, próximo de ser o terceiro zagueiro que mais gols fez, a gente procura sempre crescer, buscar um algo a mais. Esta é a nossa inspiração para a dedicação – comentou o jogador, que formará o miolo de zaga com Bruno Viana, neste domingo contra o Boa Esporte.

Entre 1986 e 1987, o zagueiro Geraldão marcou 30 gols com a camisa do Cruzeiro, e detém o recorde de gols de um atleta da defesa. Em segundo lugar, o campeão da Tríplice Coroa Cris aparece com 25 gols, seguido por Darci Menezes, com 17, e Léo, com 16.

Já garantido na liderança da competição, o técnico Deivid vai escalar uma equipe completamente mista contra o Boa Esporte, em Varginha, formada com: Rafael; Mayke, Leo, Bruno Viana e Fabrício; Bruno Ramires, Gino e Marciel; Bruno Nazário, Matías Pisano e Douglas Coutinho.

Com 26 pontos, o Cruzeiro já está garantido na liderança do Mineiro ao fim da primeira fase, e terá as vantagens de definir a semifinal e uma eventual final dentro de casa. Com dez pontos na 11ª colocação, o Boa Esporte ainda luta desesperadamente para terminar o campeonato fora da zona de rebaixamento.