Denílson, volante do Cruzeiro (Foto: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro)

Denílson, volante do Cruzeiro (Foto: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro)

RADAR/LANCE!
22/07/2016
11:46
Belo Horizonte (MG)

Denílson acabou de chegar à Toca da Raposa 2, mas já tem planos de ficar mais que o tempo previsto em contrato. Emprestado até dezembro de 2016 pelo Al-Wahda, dos Emirados Árabes Unidos, o volante garante que o seu desejo é seguir em Belo Horizonte ao término do vínculo.

– Por enquanto a gente fechou um contrato de cinco meses, mas não quer dizer que ficarei apenas cinco meses. Minha intenção é mostrar serviço durante esse empréstimo para ficar aqui. Vamos esperar esse tempo, conversar com a diretoria do Cruzeiro e ver se eles vão gostar do meu trabalho – afirmou.

O Cruzeiro desembolsou US$ 250 mil (R$ 825 mil na cotação atual) para acertar a transferência do meio-campista revelado nas categorias de base do São Paulo. A contratação do jogador, segundo o vice-presidente de futebol Bruno Vicintin, foi um pedido do técnico Paulo Bento:

– A gente achava que é um atleta que ia somar bastante. A gente está sempre interessado em atletas de qualidade. Mais um volante, a gente achava que precisava de um volante, é pedido do Paulo (Bento). Ele queria a chegada de um volante forte na marcação e que saísse para o jogo – declarou.

O vínculo de Denílson com o Cruzeiro já foi registrado no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O meio-campista está à disposição de Paulo Bento, mas só deve entrar em campo na próxima semana.