Cruzeiro x América-MG (Foto: Dudu Macedo/Fotoarena/Lancepress!)

Cruzeiro x América-MG (Foto: Dudu Macedo/Fotoarena/Lancepress!)

RADAR/LANCE!
15/04/2016
18:13
Belo Horizonte (MG)

Mistério. Esta é a palavra que marca a partida de ida da semifinal do Campeonato Mineiro, marcada para este sábado (16), às 16h20, no estádio Independência, entre América-MG e Cruzeiro. Na semana que antecedeu o duelo, Givanildo Oliveira e Deivid optaram por fechar as atividades e não divulgaram quais jogadores irão a campo no compromisso.

Por mais que as equipes mantenham as bases que vinham atuando, os treinadores ainda têm dúvidas, que serão sanadas somente momentos antes do compromisso. Nesta sexta-feira (15), o treinador do Coelho se pronunciou sobre o caso:

– É para esperar um pouquinho mesmo. Temos algumas situações, mas foi a primeira vez que fiz treino fechado aqui. Mas eu achei que era o momento, que precisava. Agora vamos ver e esperar. Claro que tem o dia de hoje todo para pensar, ver o que pode ser melhor. Não sabemos ainda como vem o adversário, porque também treinou fechado, então vamos aguardar até amanhã para ter uma definição dos onze que começam – afirmou.

Mesmo sem decidir qual será o time titular no primeiro jogo da semifinal, o comandante americano destaca que grandes surpresas não acontecerão. Pela vantagem do adversário, Givanildo Oliveira sabe que terá que buscar o resultado positivo neste primeiro jogo, mas prega equilíbrio, para que o Coelho não se exponha demais ao atacar dentro de casa.

– Nós vamos trabalhar, sem grandes surpresas, mas com o time forte para uma semifinal, porque agora não tem o que escolher. O Cruzeiro já vem com a vantagem, mas são dois jogos; então, você não pode entrar no desespero. Nós vamos jogar para ganhar, mas tem que haver o equilíbrio – declarou.

O Cruzeiro, por sua vez, deve ser praticamente o mesmo que enfrentou o Guarani-MG, há duas semanas, pela 10ª rodada do Campeonato Mineiro. A única dúvida real de Deivid é em relação à lateral direita. Como Fabiano queixou-se de desgaste muscular, o treinador cogita a entrada de Mayke na função.

– O Fabiano saiu por questão clinica, não técnica. Está sendo avaliado ainda pelos médicos, que encontraram fadiga na coxa dele. Estamos esperando. Se ele não puder jogar, jogará o Mayke – afirmou.

O meio de campo está definido. O comandante assegura que a Raposa permanecerá com três volantes, formação a qual melhora a marcação do setor, conforme Deivid. A intenção é utilizar a escalação que tem auxiliado o time:

– O time fica muito mais equilibrado com três volantes, já pegou essa maneira de jogar, como foi em 2013 e 2014 com dois volantes. Foi uma maneira de jogar que encaixou. No fim de 2015 e em 2016, o time encaixou com três volantes. Foi dessa maneira que conseguimos ter o equilíbrio – comentou.

FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-MG X CRUZEIRO

Local
: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data-hora: 16/4/2016 (sábado) – às 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Igor Júnio Benevenuto (MG)
Assistentes: Marcus Vinícius Gomes (MG) e Magno Arantes Lira (MG)

AMÉRICA-MG: João Ricardo; Adalberto, Sueliton e Alison; Pablo, Leandro Guerreiro, Tony, Tiago Luiz e Bryan; Osman e Borges. Técnico: Givanildo Oliveira.

CRUZEIRO: Fábio; Mayke (Fabiano), Bruno Rodrigo, Léo e Sánchez Miño; Henrique, Lucas Romero e Ariel Cabral; Giorgian De Arrascaeta, Alisson e Rafael Silva. Técnico: Deivid.