Mano elogia torcida do Cruzeiro: 'O nosso torcedor foi brilhante'

Após a vitória sobre o São Paulo, o técnico do Cruzeiro, Mano Menezes, exaltou a torcida do Cruzeiro que compareceu em bom número para apoiar a equipe

LANCE!
29/09/2016
14:59
Belo Horizonte(MG)

Mais uma vez, a arbitragem na Arena Corinthians voltou a ser pauta. Após a derrota por 2 a 1, nesta quarta-feira, na casa do Corinthians, em jogo válido pela fase de ida das quartas-de-final da Copa do Brasil, o treinador Mano Menezes criticou a atuação de Eduardo Tomaz de Aquino Valadao, de Goiás.

O comandante reclamou de um suposto impedimento no primeiro gol do Corinthians, marcado, contra, pelo zagueiro Léo. Autor do cruzamento que gerou o desvio do defensor, Marquinhos Gabriel estava impedido quando Rodriguinho arriscou de fora da área.  

Outro lance que causou indignação por parte de Mano Menezes é a não marcação de um pênalti, ainda no primeiro tempo, de Camacho, que tocou de mão.

 - A derrota nunca é bom. Penso que o Cruzeiro jogou para merecer um resultado melhor. Fez um primeiro tempo muito bom mesmo... Teve uma penalidade a favor que o árbitro interpretou, como sempre se interpreta aqui, contra o adversário (Cruzeiro). Já são varias equipes batendo nessa tecla. São pequenos detalhes que fazem diferença no mata-mata. Se fosse para o lado adversário, certamente seria marcado. Depois vem um primeiro gol com jogador em posição de impedimento que também não se enxerga e só por isso o Cruzeiro sai com a derrota. Se não certamente sairia com o resultado melhor porque jogou para isso- reclamou.

Outro que também teceu críticas à arbitragem foi o meia Robinho. 

 -A gente teve cinco minutos de apagão depois de termos feito grande primeiro tempo. E parece que o primeiro gol do Corinthians estava impedido, né?! Pelo que ouvi falar aí. Novamente sendo ajudado, né?! Mas faz parte, isso aí é assim mesmo. Vamos trabalhar para a gente vencer- completou.