Thiago Scuro - Diretor do Cruzeiro (Foto: Divulgação/Cruzeiro)

Thiago Scuro - Diretor do Cruzeiro (Foto: Divulgação/Cruzeiro)

LANCE!
10/12/2016
19:16
Belo Horizonte

O Cruzeiro está próximo de uma troca importante em seu departamento de futebol. Thiago Scuro não agradou à diretoria em 2016 e não deve permanecer na próxima temporada.

O mandatário Gilvan de Pinho Tavares e o vice-presidente de futebol Bruno Vicintin se reúnem desde outubro na Toca da Raposa II com o intuito de trocar o diretor por um profissional mais experiente.

Thiago Scuro, por sua vez, afirma que a decisão de deixar o clube partiu dele próprio. Divergências com a parte política da Raposa teriam criado um desgaste entre o executivo e seus superiores.

Alexandre Mattos, que renovou com o Palmeiras na sexta-feira passada, era o nome considerado ideal por Vicintin. A amizade com o executivo do Verdão e o fato de ele ter conquistado quatro títulos nacionais (três edições do Brasileiro e uma Copa do Brasil) desde 2013 são fatores que pesaram para a sua procura. Ele, contudo, permanecerá na Academia de Futebol.

Gilvan não tem relação tão amistosa com o atual dirigente do Palmeiras, mas foi convencido da necessidade de contar com alguém mais experiente no cargo a partir de 2017. Diante da recusa de Mattos, o nome ainda não foi escolhido e só deve ser divulgado em janeiro.