Cruzeiro x América-MG (Foto: Mourão Panda/Fotoarena/Lancepress!)

Fábio criticou o 'desespero' do Cruzeiro durante a semifinal (Foto: Mourão Panda/Fotoarena/Lancepress!)

RADAR/LANCE
16/04/2016
18:31
Belo Horizonte (MG)

O Cruzeiro deixou o estádio Independência, na tarde deste sábado (16), abalado por conta do revés para o América-MG. Foi o primeiro tropeço da equipe comandada por Deivid no Campeonato Mineiro. E o diagnóstico foi encontrado por Fábio. O goleiro crê que a equipe se desesperou após sofrer o primeiro gol, o que acarretou em uma derrota ainda maior: 2 a 0.

O capitão da equipe fez duras críticas na saída do gramado e não escondeu a sua insatisfação com a atuação da Raposa.

– A equipe do Cruzeiro, no primeiro tempo, dominou o América. Eles tiveram um lance que os favoreceu. O que não poderia é jogar de forma desesperada. Tínhamos 45 minutos mais um jogo inteiro dentro de casa. Não deveríamos dar tranquilidade para o América. Poderíamos fazer o gol de empate e ter mais tranquilidade no segundo jogo – disse.

– Começamos muito bem, tivemos dificuldade no finalzinho do jogo. Depois que sofremos o gol, desestabilizou nossa equipe. Não precisava sair com euforia, porque ainda tem o segundo jogo. Eu pedi para não sair desesperado para não tomar o contra-ataque. A gente tem que pensar. Não estava dando certo, mas tem a segunda partida. 2 a 0 é um placar que a gente tem condição de reverter lá no Mineirão – completou.