Paulo Bento, em entrevista após o jogo do Cruzeiro

Paulo Bento está há quase dois meses no cargo (Foto: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro)

RADAR/LANCE!
14/07/2016
10:02
Belo Horizonte (MG)

Apesar do Cruzeiro ocupar a 15ª posição na tabela do Campeonato Brasileiro, Paulo Bento não tem seu cargo ameaçado. Quem garante isso é o diretor de futebol do time celeste, Thiago Scuro, que afirmou que o treinador é o menos culpado pelo momento ruim.

- Paulo Bento é o treinador do Cruzeiro, continuará sendo. Esperamos que torcedores e imprensa compreendam o espírito do trabalho para que o Cruzeiro colha os frutos lá na frente - disse na entrevista coletiva em que apresentou o meia-atacante Rafinha.

Nas últimas semanas, a diretoria cruzeirense apresentou Rafael Sóbis, que já estreou na derrota por 3 a 0 diante do Atlético-PR, o argentino Ramón Ábila e o meia-atacante Rafinha. Além disso, os laterais Ezequiel e Edimar foram confirmados e já treinam com o elenco.

- O Paulo Bento e sua comissão vão fazer dois meses esta semana. Dois meses é pouco tempo. Quando tem contratação de Ábila, Sobis e Rafinha, gera expectativa de mudança imediata, mas nem sempre o processo ocorre desta forma. Cada vez mais o futebol é jogo coletivo e menos individual. Cada um tem seu papel e sua função dentro de campo. Existe obviamente uma insatisfação aqui na Toca. Ninguém quer estar como está.

O próximo jogo do Cruzeiro será domingo, às 16h, diante do Fluminense, no Édson Passos, no Rio de Janeiro. O clube celeste vem de duas derrotas para Chapecoense e Atlético-PR, e um empate com o Vitória.

- A responsabilidade do momento do Cruzeiro é compartilhada. Direção, comissão técnica e atletas. É esse o direcionamento que estamos criando aqui dentro. Paulo Bento desenvolve trabalho de qualidade, coerência e transparência com direção e atletas. Não existe questionamento com relação ao profissional Paulo Bento. Por isso estamos tratando de buscar soluções para melhores resultados. A melhoria no desempenho nos dá confiança de que o resultado chegará - finalizou Scuro.