Fábio, goleiro do Cruzeiro (Foto: Geraldo Bubniak/Light Press)

Fábio, goleiro do Cruzeiro (Foto: Geraldo Bubniak/Light Press)

RADAR/LANCE!
14/07/2016
15:39
Belo Horizonte(MG)

Independente do resultado da partida entre Fluminense e Cruzeiro, neste domingo, às 16 h, uma jogador sairá com uma vitória pessoal: o goleiro Fábio, que completará 700 jogos com a camisa cruzeirense. 

O arqueiro começou a carreira em 1997, no União Bandeirante, do futebol paranaense. Suas defesas logo despertaram a atenção do Atlético-PR, por onde conquistou o estadual de 1998. No ano seguinte, transferiu-se para o Cruzeiro, mas só fez sua primeira partida oficial em março de 2000, em um amistoso diante do Universal-RJ.

Naquele ano, porém, foi reserva para André, mas participou da campanha vitoriosa da Copa do Brasil. Ainda em 2000, mudou-se para o Rio de Janeiro, onde foi defender o Vasco. 

Sua estadia no clube carioca durou até janeiro de 2005, quando acertou o seu retorno ao Cruzeiro, de onde não saiu mais. A partir daquele momento, o arqueiro começou a trilhar seu status de ídolo na Raposa, além de algumas premiações individuais e convocações para a Seleção Brasileira.   

Ao todo, o camisa 1 tem oito títulos com a camisa cruzeirense: Copa do Brasil(2000), ; Campeonato Mineiro(2006,2008,2009, 2011  e 2014), além dos dos Campeonatos Brasileiros de 2013 e 2014.  

Em junho de 2015,  após uma vitória do Cruzeiro por 3 a  1 em cima do Vasco, ele tornou-se o jogador com mais partidas disputadas pelo time: 634, superando o volante Zé Carlos.