RADAR/LANCE!
12/04/2016
13:04
Belo Horizonte (MG)

A vitória do último domingo contra o Boa Esporte foi a sétima seguida do Cruzeiro sob o comando do técnico Deivid em 2016. Apesar de não alterar a tabela, já que o clube se classificou isolado em primeiro lugar às semifinais, o triunfo fez com que o treinador chegasse ao melhor aproveitamento entre os técnicos da Série A do Campeonato Brasileiro.

Os números, divulgados pelo site oficial do Cruzeiro na última segunda-feira, mostram que há um aproveitamento de 78,5% em 14 jogos disputados (dez vitórias, três empates e apenas um derrota). O segundo colocado é Levir Culpi, que, em nove jogos à frente do Fluminense, tem o aproveitamento de 77,7%. Técnico do Botafogo, Ricardo Gomes completa o pódio com 75%.

Efetivado esta temporada como treinador, já que chegou ao Cruzeiro como auxiliar-técnico do demitido Vanderlei Luxemburgo ano passado, Deivid dividiu os méritos com membros de sua comissão técnica e com seus atletas.

- O trabalho que a comissão técnica vem desempenhando aqui no Cruzeiro, a obediência de todos os jogadores do grupo, tudo isso é muito importante para que pudéssemos chegar a esse resultado. O trabalho sério que vem acontecendo desde janeiro, ajudou para que a gente chegasse a esses números, mas pensamos alto e queremos é ser campeões, não podemos parar por aí. Os números são bons, mas temos que trabalhar com os pés no chão para conquistar os títulos - disse o treinador. 

Entre os três piores aproveitamentos dos treinadores da Série A estão Givanildo de Oliveira (América-MG), Edgardo Bauza (São Paulo) e Cuca (Palmeiras).

O próximo compromisso da equipe de Deivid é diante do América-MG, pelo jogo de ida das semifinais do Campeonato Mineiro, no próximo sábado, às 16h (de Brasília), no estádio Independência.