HOME - Cruzeiro x Rio Branco-ES - Amistoso - Rafael Silva (Foto: Reprodução/Esporte Interativo)

HOME - Cruzeiro x Rio Branco-ES - Amistoso - Rafael Silva (Foto: Reprodução/Esporte Interativo)

LANCE!
23/01/2016
15:02
Belo Horizonte (MG)

Ex-atacante, artilheiro e com faro de gol, Deivid não atua mais dentro de campo, mas, fora dele, como técnico, manteve as preferências da época de atleta. Para esta temporada, o jovem comandante mudou o esquema da Raposa, que passou a atuar com apenas dois volantes - em 2015, jogavam Willians, Henrique e Ariel Cabral. Na equipe atual, Marcos Vinicius ocupou a vaga do meio-campista emprestado ao Corinthians.

Questionado sobre o estilo de jogo da sua equipe, Deivid explicou:

- É muito cedo para falar que é a minha cara. Não começamos a jogar ainda. Depois que começar o Campeonato, ter jogos, o time vai encorpar e vamos conseguir colocar nosso conceito, perfil de jogar. Eu gosto e sempre joguei em times ofensivos. Não adianta jogar ofensivo e estar desprotegido. É bonito jogar com a bola, mas sem a bola quero um time compacto, protegido, que possa roubar a bola novamente.

Já em relação à qualidade do grupo que tem em mãos, o técnico se mostrou contente com o trabalho feito pela diretoria, que manteve a base e trouxe outros reforços pontuais. Para 2016, foram contratados os atacantes Rafael Silva e Douglas Coutinho, além dos meio-campistas Matías Pisano, Sánchez Miño e Bruno Nazário.

- Estou satisfeito com o elenco. Temos um grupo bom, qualificado. Claro que se tiver um jogador no mercado de alto nível, o Cruzeiro vai pensar. Mas estou satisfeito com o nível. Saiu quase ninguém, chegaram jogadores bons, jovens, como eu gosto de trabalhar, com esta mescla. Estou muito feliz - afirmou.