Cruzeiro x Coritiba

(Foto: Vinnicius Silva/Raw Image/Lancepress!)

RADAR/LANCE!
14/08/2016
18:02
Belo Horizonte (MG)

Cruzeiro e Coritiba não saíram de um empate na tarde deste domingo (14), no estádio Independência, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. A igualdade em 2 a 2 contou com gols de Rafinha e Ramón Ábila para o mandante. Kazim e Juan balançaram a rede para o time do Paraná.

Com o resultado, os comandados de Mano Menezes permanecem na zona de rebaixamento. No entanto, agora eles têm 20 pontos e ocupam a 18ª posição, à frente somente de Santa Cruz e América-MG. O time de Paulo César Carpegiani, que estreou neste fim de semana, é o 15º colocado, com 22.


A etapa inicial ficou marcada por lesões e equipes que adotaram estilos bem distintos. Kazim, do visitante, e Fábio, dos mineiros, tiveram problemas clínicos e tiveram que deixar o gramado. O atacante turco queixou-se de um problema na coxa direita, enquanto o goleiro sofreu uma entorse no joelho direito. Ambos tiveram que deixar o gramado.

Embora as contusões sejam importantes e tenham atrapalhado as duas equipes, elas não foram o principal assunto da etapa inicial. O Cruzeiro abriu o placar logo aos três minutos. Rafinha aproveitou cruzamento de Arrascaeta e balançou a rede de Wilson.

Fechado e saindo em contragolpes, o Coritiba teve que ir com mais frequência ao setor ofensivo. E a mudança de postura acarretou em dois gols. Kazim igualou o marcador antes de ser substituído por Vinícius. Juan balançou a rede adversária em cobrança de falta da intermediária.

Em desvantagem no placar, os mineiros abusaram de bolas alçadas na área. Edimar, Ezequiel, Arrascaeta e Rafinha tentaram cruzamentos por elevação a todo instante, mas não foram eficientes. Ramón Ábila, único homem centralizado, foi facilmente marcado pelos visitantes.

O curioso é que, entre a lesão de Fábio, aos 34 minutos, e o intervalo, a Raposa ficou sem um capitão em campo. Mano Menezes entregou a braçadeira a Igor Junio Benevenuto, quarto árbitro, mas ele não repassou o objeto a Henrique, escolhido para utilizar a faixa. Somente no segundo tempo o volante substituiu o goleiro neste quesito.

Na volta do intervalo, o Cruzeiro modificou a forma de atuar e passou buscar passes rasteiros. A mudança acarretou em um gol logo nos minutos iniciais da etapa complementar. Rafael Sóbis aproveitou toque de Ezequiel e bateu para o gol. No rebote, o argentino Ramón Ábila fez o quarto gol em sete partidas pelo clube mineiro.



FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO X CORITIBA

Local:
estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data-hora: 14/8/2016 – às 16h (de Brasília)
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA)
Assistentes: Alessandro A Rocha de Matos (BA/Fifa) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA)
Cartão amarelo: Robinho, Ezequiel (Cruzeiro); Amaral, Luccas Claro, Edinho, Guilherme Parede (Coritiba)

Gols: Rafinha – 2’/1ºT (1-0); Kazim – 19’/1ºT (1-1); Juan – 27’/1ºT (1-2); Ramón Ábila – 4’/2ºT (2-2)

CRUZEIRO: Fábio (Lucas França – 34’/1ºT); Ezequiel, Manoel, Bruno Rodrigo e Edimar; Henrique, Robinho, Arrascaeta (Willian – 23’/2ºT) e Rafinha (Marcos Vinícius – 30’/ 2ºT); Rafael Sobis e Ramón Ábila. Técnico: Mano Menezes.

CORITIBA: Wilson; Dodô, Luccas Claro, Nery Bareiro e Juninho; Edinho, Amaral, Juan e Raphael Veiga; Kazim (Vinícius – 20’/1ºT) e Neto Berola (Guilherme Parede – 12’/2ºT). Técnico: Paulo César Carpegiani.