Robinho, meia-atacante do Cruzeiro (Foto: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro)

Robinho mal chegou e já está em tratamento na Toca da Raposa (Foto: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro)

RADAR/LANCE
07/05/2016
20:00
Belo Horizonte (MG)

A concussão cerebral sofrida por Arrascaeta e o edema muscular de Robinho, ambos nesta semana, aumentaram para sete o número de lesionados no Cruzeiro. Atualmente, o departamento médico voltou a ficar bastante frequentado. Por isso, o médico do Cruzeiro, Wallace Espada, concedeu uma entrevista coletiva na Toca da Raposa para explicar a situação dos atletas, alguns deles muito importantes para a equipe, como o zagueiro Dedé e o apoiador Alisson.

- O Robinho e o Alisson tiveram edema na parte anterior da coxa. Não caracteriza em lesão, só um edema mesmo. A previsão é que na próxima semana os dois façam trabalho de transição – comentou.

Em situação parecida, Arrascaeta está de fora da partida da próxima terça, e ainda será observado durante a semana para ver se terá condições de jogo na estreia do Brasileirão, contra o Coritiba.

Sobre os outros lesionados, Espada comentou que a situação de cada atleta vai exigir um tempo maior de recuperação:

Dedé
- O Dedé teve fratura na patela, está apresentando boa evolução, já faz exames seriados. Temos um exame marcado para a próxima semana e esperamos que o resultado seja bom para progredir com o tratamento. Ainda não há uma situação definida com relação a uma data, mas a evolução é boa.

Mayke
- O Manoel está se recuperando da lesão na cartilagem. Também tem exame marcado para a próxima semana. A gente espera que tenha resultado positivo, mas, assim como o Dedé, não tem previsão de recuperação.

Marcos Vinícius
- O Marcos Vinícius vinha fazendo trabalho de transição, mas voltou a sentir pouco de dor, então recuamos o tratamento dele. Ele em fazendo trabalho fisioterápico novamente e depois que melhorar das dores a gente volta.

Judivan
- O Judivan está completando 11 meses da primeira cirurgia que fez. A evolução é muito boa. Já está fazendo trabalhos no campo. Aguardamos boa evolução dele para liberamos o quanto antes para as atividades com o grupo.