Cruzeiro x Coritiba

(Foto: Vinnicius Silva/Raw Image/Lancepress!)

RADAR/LANCE!
15/08/2016
16:25
Belo Horizonte(MG)

O atacante Ramón Ábila encontrou o culpado pelo empate do Cruzeiro, que manteve o time na zona de rebaixamento do Brasileirão com 20 pontos conquistados em 20 jogos: o alto número de oportunidades desperdiçadas. O Cruzeiro teve 13 finalizações, mais que o dobro do Coritiba, que teve seis. No entanto, as duas equipes balançaram as redes o mesmo número de vezes: duas. 

 -Precisávamos de só mais um gol. Mas é o futebol. Em volume de jogo nós fomos superiores, mas a bola não entrou. No futebol não tem lógica, e sim momento. Nós temos que aproveitar as chances criadas-
disse o atacante, que marcou mais um gol com a camisa cruzeirense, o quarto em sete jogos, diante do Coritiba. 

O argentino também comentou sobre o mau momento do clube no Brasileirão e admitiu que a pressão por resultados positivos tem aumentado. Mas ele afirmou que o Cruzeiro tem que saber conviver com este tipo de situação. 

-Temos que estar mentalmente e fisicamente preparados para jogar, além de estar prontos para suportar a pressão.