Wellington Saci Criciúma

Wellington Saci treina antes da partida diante do Joinville, pelo Catarinense(Foto: Divulgação / Criciúma)

RADAR/LANCE!
15/03/2016
13:48
Florianópolis (SC)

Um dos líderes do segundo turno do Campeonato Catarinense, o Criciúma retorna a campo nesta quarta-feira, quando enfrentará o Joinville no clássico local. Fora de casa, o lateral-esquerdo Wellington Saci, espera um confronto equilibrado, mas pede atenção para superar o Tricolor às 21h45, pela terceira rodada da competição estadual.

- Assim como nossa equipe, o Joinville vem de duas vitórias nas duas primeiras rodadas. Além disso, eles estão embalados pelo triunfo na última rodada sobre o Figueirense. É um jogo para mantermos a atenção o tempo inteiro e aproveitar as chances para buscarmos os três pontos - disse o jogador.

O Criciúma chega nesta fase da competição ocupando a terceira colocação, com seis pontos e empatado com Chapecoense, Metropolitano e Joinville, todos com a mesma pontuação. Para o lateral, a boa performance e o resultado positivo nesta quarta, será essencial para que sua equipe possa alcançar o maior objetivo: o título do estadual.

- Nossa ideia é continuar na briga pelo título estadual até o fim do campeonato. Não vamos desistir. O mais importante é fazer um grande segundo turno para ganhar ainda mais confiança. Nosso elenco está muito focado - concluiu.

Ainda pela terceira rodada do Catarinense, o Metropolitano enfrenta o Brusque, às 20h30, e o Internacional de Lages recebe o Figueirense mais cedo, às 19h30.

O Furacão, que ocupa a sétima colocação na tabela, ainda não somou no returno, assim como Inter de Lages, Avaí e Camboriú. O Cambura, por sinal, após ter finalizado o primeiro turno na penúltima colocação e ter perdido as duas primeiras partidas do returno, anunciou a saída do técnico Agenor Piccinin nesta terça. O time do litoral ainda não divulgou quem será o interino para a partida diante do Avaí, na quinta-feira. No mesmo dia, a Chapecoense joga contra o Guarani de Palhoça, às 19h, no Renato Silveira.​