ALAGOANO - CRB

(Foto: Divulgação/CRB)

LANCE!
20/05/2017
10:05
São Paulo (SP)

Integrante da safra de jovens treinadores do futebol brasileiro, Léo Condé vem exercendo um bom trabalho no CRB. No clube desde o fim do ano passado, o técnico mineiro conquistou o Campeonato Alagoano e construiu com sua equipe uma sequência de 13 jogos de invencibilidade. A última derrota do Galo de Maceió aconteceu no dia 11 de março, no clássico contra o CSA, pela Copa do Nordeste.

Desde então, o time regatiano teve mais uma partida pelo torneio regional, 11 pelo campeonato estadual e uma pela Série B nacional, somando oito vitórias e cinco empates. Com isso, o CRB detém, no momento, a segunda maior série invicta entre os 40 times das Séries A e B. O time de Condé só é superado apenas pelo Corinthians, que não sofre derrota há 14 jogos.

- O CRB vem crescendo ao longo do ano, com o grupo ficando gradativamente encorpado e homogêneo. Vínhamos desenvolvendo o trabalho com o intuito de chegar fortes neste momento do ano. Creio que a invencibilidade que a equipe construiu é consequência disso. Tivemos uma arrancada boa na reta final do Campeonato Alagoano, e os atletas valorizaram muito cada partida. Assim conquistamos o título e conseguimos estrear bem na Série B, com uma vitória dentro de casa - relatou o treinador.

Apesar de noção do bom momento, Condé pede cuidado com possíveis oscilações durante a temporada, risco inerente ao futebol, o qual ele acredita que o time deve estar preparar para enfrentar.

- Particularmente, não procuro dar muita atenção para essa questão da invencibilidade, porque a gente conhece o futebol e sabe que tudo é muito cíclico. Temos que aproveitar o bom momento, mas estar preparados para enfrentar as oscilações que um time tem dentro de uma temporada. Mas é bom saber que os números estão bons, rivalizando com um clube gigante como o Corinthians.

Com 39 anos, Condé iniciou a carreira há mais de quinze anos. Após um período longo nas categorias de base de Atlético-MG e América-MG, o técnico acumulou bons trabalhos no Tupi-MG, Caldense-MG e Sampaio Corrêa-MA. Em 2015, o treinador surpreendeu o cenário nacional ao levar a modesta Caldense à final do Campeonato Mineiro, na qual foi superada pelo Atlético-MG.

Outro trabalho notório de Condé foi no Sampaio Corrêa, quando brigou pelo acesso à Série A do Campeonato Brasileiro no mesmo ano. Já na temporada atual, o título alagoano e a sequência recente referendam o CRB a também brigar pelo acesso na Série B. Após a boa vitória sobre o Ceará, um dos candidatos à ascensão, o time de Maceió agora encara o Luverdense na Arena Pantanal.

- Estamos preparados para um jogo complicado, contra um adversário em alta. O Luverdense vem construindo uma solidez muito grande na Série B a cada ano que passa. Estão em um momento muito bom novamente, vindo de um título de Copa Verde nesta semana. A gente vai respeitar muito, mesmo sabendo que o jogo não será em Lucas do Rio Verde. Contudo, vamos tentar emplacar a segunda vitória na Série B e manter o bom momento. É importante que busquemos o máximo de pontos neste início. Vejo uma evolução muito boa na nossa equipe desde o início do ano, mas a ideia é continuar trabalhando, com os pés no chão, porque a Série B é uma competição longa e traiçoeira - finalizou Condé.

Com 27 jogos no comando do CRB, Léo Condé tem 66,7% de aproveitamento, somando 15 vitórias, nove empates e apenas três derrotas. O Galo de Maceió vai em busca do segundo triunfo na Série B neste sábado, às 16h30, contra o Luverdense. O jogo válido pela segunda rodada da competição está marcado para a Arena Pantanal, em Cuiabá.