Presidente do Coritiba, Rogério Bacellar, diretor executivo de futebol, Valdir Barbosa e o técnico Gilson Kleina (Foto: Divulgação / Site oficial Coritiba)

Presidente do Coritiba, Rogério Bacellar, diretor executivo de futebol, Valdir Barbosa e o técnico Gilson Kleina (Foto: Divulgação / Site oficial Coritiba)

RADAR/LANCE!
06/01/2016
14:07
Curitiba (PR)

Na manhã desta quarta-feira, o Coritiba apresentou os seis jogadores que chegaram para reforçar a equipe em 2016. Com a presença do novo técnico Gilson Kleina, a direção do clube confirmou as chegadas dos volantes Amaral e Fábio Braga, os atacantes Leandro e Vinícius, o lateral-direito Ceará e o goleiro Elisson. Além deles, Carlos Fabiano Mazola Vieira e Antônio Ribeiro Carvalhaes Junior também foram confirmados como auxiliares técnicos. Luis Novak, será o fisiologista e Robson Gomes, o preparador físico.

Durante a primeira coletiva de 2016, o presidente do clube, Rogério Bacellar, deixou o recado aos novos membros do Coxa.

- Nós queremos que os jogadores venham para vestir a camisa com amor, garra e saber que, além de ser um clube centenário, o Coritiba é um clube vencedor - disse o mandatário, que prosseguiu, agora, com o recado à comissão técnica.

- Espero um Coritiba forte, com vontade de ganhar. É isso que eu espero não só dos jogadores, mas, da comissão técnica e diretoria também - concluiu Bacellar.

O diretor executivo do Coritiba, Valdir Barbosa, também espera que os novos atletas possam ajudar a mudar o comportamento do Coxa, que nos últimos anos sofreu com as últimas posições do Campeonato Brasileiro, lutando para não ser rebaixado à Série B.

- Nós não temos que ter apenas 11 jogadores, mas sim, um grupo que não sinta tanto quando há uma perda por motivo técnico, disciplinar ou de contusão. As contratações foram bem pontuais, deram mais qualidade técnica à equipe - afirmou Barbosa, que teve suas palavras reforçadas pelo técnico Gilson Kleina.

- Vamos fazer com que estes jogadores possam se sentir mais rapidamente a vontade e vamos passar para eles a grandeza do Coritiba, a história do Clube, criar uma filosofia vencedora - concluiu o treinador.