Romero

Somando pré-temporada, Romero tem nove gols marcados pelo Corinthians em 2016 (Foto: Agência Corinthians)

Gabriel Carneiro
09/05/2016
08:00
São Paulo (SP)

A falta de oportunidades a Ángel Romero, sempre um dos nomes mais celebrados quando anunciado no telão da Arena Corinthians, é uma das maiores queixas atuais do torcedor alvinegro. Os números dão força ao argumento: o paraguaio é o jogador com mais partidas nesta temporada, mas começou jogando apenas 11 vezes. As chances que teve, porém, foram bem aproveitadas: sete gols e duas assistências. Em média, o camisa 11 participou diretamente de quase um gol a cada jogo que iniciou como titular do Corinthians.

Até o momento, passados 25 jogos oficiais em 2016, Romero atuou nos 90 minutos de apenas cinco, contra XV de Piracicaba, Osasco Audax, Linense e Ponte Preta (Paulistão), além do Cobresal (Libertadores). Curiosamente, o paraguaio soma seis gols nos únicos cinco jogos que jogou completos.

– Ninguém tem assegurada a condição de titular, o Tite muda muito o time a cada jogo. Tento fazer o meu melhor a cada vez que jogo – explica o camisa 11 do Timão.

Romero até começou a temporada como titular atuando na ponta direita, com Lucca na esquerda. Ele só perdeu a vaga no segundo jogo da fase de grupos da Libertadores, e depois não conseguiu superar a concorrência de Giovanni Augusto. Quando o novo titular se lesionou, entretanto, Tite optou por Alan Mineiro nos jogos decisivos contra Osasco Audax e Nacional (URU), este fora de casa. A explicação do treinador para a opção foi que Lucca já era atacante, e seu esquema 4-1-4-1 não permitia mais um atacante. Alan, com maior facilidade para a recomposição, ganhou a disputa, mas não rendeu em nenhum dos confrontos – no último jogo, da eliminação na Libertadores, ele não ficou nem no banco.

Romero tem paciência para cumprir o objetivo de ser titular. Ano passado foram apenas 18 jogos disputados, número que já superou em apenas três meses neste ano. O próximo passo de sua trajetória pode ser alcançar uma sequência de jogos como titular, mas a volta de Giovanni Augusto dificilmente dará brecha. O paraguaio sonha.

– Jogo na direita ou na esquerda, não tem essa. Prometo trabalhar.

Convocação nesta segunda-feira pode atrapalhar. Entenda:

Romero na seleção do Paraguai
Atacante tem chances de convocação nesta segunda (Foto: AFP)

Assim como o zagueiro Balbuena, Romero está na pré-lista de convocados da seleção do Paraguai para a Copa América Centenário. A lista definitiva será anunciada nesta segunda-feira, e o jogador será baixa do Corinthians no mínimo por cinco rodadas do Brasileirão caso seja chamado – inclusive o clássico contra o Palmeiras, em 12 de julho, fora de casa. A viagem da delegação ocorrerá em 23 de maio, e assim Romero ficaria disponível para Tite apenas nas duas primeiras rodadas da competição nacional, diante de Grêmio, na Arena,  e Vitória, no Barradão.