Treino do Corinthians - CT Joaquim Grava

Lucca aguarda definição de Marquinhos Gabriel para saber se começa jogando nesta quarta (Foto: Luis Moura/WPP)

Gabriel Carneiro
11/10/2016
12:48
São Paulo (SP)

O treino do Corinthians desta terça-feira foi bem além do soco de Vilson em Marciel. Enquanto os reservas participavam de uma atividade técnica em campo reduzido, os titulares fizeram um trabalho tático sob o comando do técnico Fabio Carille, que encaminhou o time para a partida desta quarta-feira, às 21h45, contra o Santa Cruz, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Há apenas uma dúvida para o jogo que será na Arena Pantanal, em Cuiabá: Marquinhos Gabriel ou Lucca.

Habitual titular, Marquinhos Gabriel está desgastado fisicamente e realizou uma preparação na parte interna do CT Joaquim Grava nesta terça-feira. Seu substituto foi justamente Lucca. O camisa 31 foi relacionado para a viagem a Cuiabá, está integrado ao grupo e fará um teste horas antes da partida. Caso não haja risco de lesão, Marquinhos será o titular. Caso contrário, será cortado da partida e Lucca inicia. 

Em outros setores que Carille tinha dúvidas, definições: Cássio segue em processo de transição física e não será relacionado, sendo mantido Walter como titular, Uendel volta à lateral esquerda na vaga de Guilherme Arana, Camacho segue no time, Pedro Henrique ocupa o lugar do lesionado Yago e Guilherme entra na função de falso 9, já que Gustavo foi vetado por conta de uma lesão na coxa esquerda contraída no treino do último sábado.

Walter; Léo Príncipe, Pedro Henrique, Balbuena e Uendel; Camacho; Marquinhos Gabriel (Lucca), Giovanni Augusto, Rodriguinho e Marlone; Guilherme será o time titular contra o Santa Cruz. Além de Cássio, Yago e Gustavo também são desfalques Vilson e Rodrigo Figueiredo (transição do departamento médico para o campo), Danilo (lesão, só volta em 2017), Fagner e Romero (Eliminatórias da Copa do Mundo por Brasil e Paraguai, respectivamente) e Léo Jabá (com a Seleção sub-20 em torneio na Índia).

O elenco do Corinthians se concentra em Cuiabá no fim da tarde desta terça-feira e entra em campo no dia seguinte, quando tenta espantar um jejum de seis jogos sem vencer no Brasileirão.